Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







20 de jan de 2016

1º TRIMESTRE DE 2016 - LIÇÃO Nº 04 - 24/01/2016 - ESTEJA ALERTA E VIGILANTE - JESUS VOLTARÁ

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 04 - DATA 24/01/2016
TÍTULO: “ESTEJA ALERTA E VIGILANTE, JESUS VOLTARÁ
TEXTO ÁUREO – Lc 17.24
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Lc 17.24-30

PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
 
 
 
 
 
 
 
 
I – INTRODUÇÃO:



Há um período de preparação e um tempo em que será tarde demais para preparar-se.




II - VIGIAR - PARA NÃO COMETER O ERRO DO SERVO MAU:



Mt 24:48-51:



(1) Não se diz que ele era um estranho; nem que estava lá fora.



(2) - Ele estava na "casa do seu senhor", junto com outros servos, mas não era, apenas, um servo comum.



(3) - O fato de "espancar os seus conservos" denota que exercia uma liderança sobre os outros, e abusava do seu poder.



(4) - Não era um servo inocente: sabia que era um servo;



(5) – Sabia que tinha um senhor; 



(6) – Sabia que seu senhor havia partido para um local distante, mas, que voltaria.



(7) - Ele era servo, porém, era um mau servo.


(8) - O mau servo cometeu um erro de cálculo; sabia que seu senhor viria, porém, pensava que demoraria.



O Senhor Jesus, nesta Parábola, deixou-nos uma séria advertência - "Virá o Senhor daquele servo num dia em que o não espera e à hora em que ele não sabe".


Deixou-nos, também, a certeza de que a negligência, ou o erro de cálculo, não justifica o erro de quem tem a obrigação de vigiar, aguardando a volta de seu senhor.



Claro que esta advertência se destina, hoje a cada um de nós, a fim de que não venhamos a cometer o erro daquele mau servo.



Não basta crer que o Senhor Jesus vem, é preciso estar preparado para Sua Vinda, quer ele venha à tarde, à meia-noite, ao cantar do galo, ou pela manhã.




III - VIGIAR - PARA NÃO INCORRER NO ERRO DOS "ESCARNECEDORES":



II Pe 3:3-4 - Um dos sinais da Vinda de Jesus é: a incredulidade e a falta de esperança quanto a Sua Vinda.



Os "escarnecedores" mencionados pelo Apóstolo Pedro, não estão, por certo, entre os não evangélicos; estes nada sabem sobre a Vinda de Jesus;



Eles estão entre aqueles que deveriam estar vigiando e esperando Sua Vinda.



Esta incredulidade pode ser contagiante. Faz-se necessário vigiar e crer que o Senhor Jesus realmente virá.



Assim, se algum "escarnecedor" levantar dúvidas e perguntar - "Onde está a promessa da Sua Vinda?", possamos estar atentos para respondermos, com convicção, que:



(1) - "a promessa da Sua Vinda" está confirmada pelas próprias palavras ditas por Jesus, enquanto homem, aqui na terra (Jo 14:3);



(2) - "A Promessa da Sua Vinda" está confirmada pelas próprias palavras ditas por Jesus, no céu, cerca de sessenta anos depois de sua Ressurreição - Apc 22:7,12,20 cf Nm 23:19;



(3) - "A Promessa de Sua Vinda" está confirmada pelas palavras ditas pelos Anjos, aos Discípulos, ali no Monte das Oliveiras - At 1:11;



(4) - "A Promessa de Sua Vinda" está confirmada pelas palavras do Apóstolo Paulo - I Ts 4:16;



(5) - "A Promessa de Sua Vinda" está confirmada pelas palavras ditas pelo Apóstolo João - I Jo 2:28.



Portanto, é necessário vigiar, permanecendo em contato permanente com A Palavra de Deus para não sermos confundidos pela incredulidade dos "escarnecedores" (Sl 1:1-2)



IV - VIGIAR - PARA NÃO INCORRER NO ERRO DAS VIRGENS LOUCAS:



Mt 25:3-6:



(1) - O chamado teve que ser alto, porque aqueles que esperavam pelo Noivo não observavam suficientemente os sinais que anunciavam Sua vinda. O sono os tinha dominado! (cf Mt 26:40-41)



(2) - As Virgens loucas, tal como as virgens Prudentes, estavam esperando o Noivo, e criam que ele viria. Porém, não estavam preparadas para recebê-lo.



Não basta estar esperando e crendo que Ele virá; é preciso estar preparado para Sua Vinda. Não basta, pois, apenas esperar; é preciso esperar vigiando para conservar-se em Santificação, e não permitamos que se sujem as nossas vestes espirituais - Hb 12:14; Ec 9:8 cf  II Cor 11:1-2.



(3) - O noivo veio! Porém, as virgens néscias ficaram de fora porque não estavam preparadas para recebê-lo! Não basta saber que Jesus Vem e dizer que está esperando pela Sua Vinda. É necessário, também, estar preparado! ESTAREMOS VIGIANDO, QUANDO JESUS VIER?



(4) - Esta noite nada tem a ver com a noite física; trata-se da noite no seu sentido espiritual, significando que o mundo estará entregue e envolvido nas trevas do pecado.




V - NOITE, NA BÍBLIA, É SÍMBOLO DO PECADO: 



(1) - Noite, pecado, trevas! (I Ts 5:2, 5; I Pe 2:9). O mundo nunca dantes pecou tanto, como está pecando agora! Falta muito pouco para “meia-noite”.



(2) - À noite os instintos são liberados;



(3) - À noite as pessoas costumam despir-se do pudor, da vergonha! Liberam-se! Revelam o que são, ou o que gostariam de ser; sentem-se livres, para, nas sombras da noite, dar vazão aos seus sentimentos carnais e pecaminosos.



(5) - Prostitutas, homo e heterossexuais sentem-se à vontade para ocuparem ruas, esquinas, praças!



(6) - A Moral, à noite, cai a nível, muito baixo. (Gn 19:4-5, 23)



(7) – A noite é símbolo do medo - somos muito mais corajosos durante o dia. Qualquer um de nós é capaz de entrar num cemitério, de dia; porém, poucos são capazes de fazer isto à noite, e sozinhos. Noite é símbolo de medo! (Mt 14:25-27).



(7.1) - Eles “gritaram” porque isto aconteceu à noite. Eles não sentiriam medo se fosse dia. Nos grandes centros urbanos cada casa parece um presídio – grades, sistema de segurança por todo os lados; Vivemos no império do medo!



(8) - Noite é tempo de dificuldades - Tudo, à noite, se torna mais difícil! Nossa visão fica bastante prejudicada! Viajar, ou mesmo andar pelas ruas nas cidades grandes é muito mais perigoso. Ladrões, assaltantes, o império do mal se sentem liberados (II Tm 3:1 -  tempos trabalhosos = dificuldades de todas as espécies, desemprego, doenças, calamidades!)



(9) – A noite é hora do sono - Não é fácil ficar acordado até a meia-noite! E, quando uma pessoa dorme ela fica indiferente a tudo o que está acontecendo, mesmo ao seu redor. Apesar de toda a agitação que impera em todos os quadrantes, a humanidade dorme. Dorme porque é noite (I Ts 5:6).



(10) - Meia-noite termina um dia e começa outro – Estamos chegando ao fim do Dia da Graça, que começou na Cruz do Calvário e terminará com o arrebatamento da Igreja, 



(11) - Para dar-se início ao Dia do Senhor (Jl 2:30-31). A igreja será arrebatada à meia-noite!



(12) - Depois da meia-noite não haverá mais azeite – (Mt 25:7-10)  



(12.1) - As Virgens Loucas representam os crentes não salvos;



(12.2) - Aqueles que não mudaram de vida.



(12.3) - São Batizados nas Águas, são parecidos com os verdadeiros crentes, mas, não têm vida espiritual, porque não têm Azeite.



(12.4) - As virgens loucas sabiam onde poderiam “comprar” Azeite;



(12.5) - Elas tinham condições, ou o “dinheiro” necessário para pagarem o preço requerido.



(12.6) - Assim, se não tinham Azeite em suas vasilhas, foi por pura negligência, mesmo! Elas tiveram tempo, pois, o esposo tardou a chegar (Ef 5:18; I Sm 3:1-4).



(13) - As virgens loucas foram comprar azeite, mas não compraram!



(14) – Gn 8:12 - Tal como a pomba que saiu da arca de Noé pela terceira vez e não mais retornou, também o Espírito Santo deixou o Céu e veio à Terra, no Dia do Pentecoste, e não mais retornou. Ele veio para ficar, formar, preparar a Igreja, tal como se prepara uma noiva para o dia do seu casamento. Assim, Ele só retornará para o Céu quando a Noiva estiver preparada para seguir com Ele (Gn 24:58-61).



(14.1) - Desta forma, no Dia do Arrebatamento da Igreja, quando chegar “meia-noite” e quando se ouvir “um clamor: aí vem o esposo!”, então, a Noiva que deverá estar pronta, será levada pelo Espírito Santo para ser entregue a Jesus.



(14.2) - A Verdade Bíblica é que o Espírito Santo, com o arrebatamento, terminará o Seu Ministério, nesta Dispensação da Graça, em relação à Igreja. Assim, quando as Virgens Loucas saíram para “comprar Azeite”, o Espírito Santo já havia entregue a Noiva ao Esposo, tendo terminado ali Sua Missão que havia começado no Dia do Pentecoste. Por esta razão não havia mais Azeite disponível para ser adquirido. (Ex 27:20-21; I Ts 5:19; Rm 8:9).




VI -CLAMOR DEPOIS DA MEIA-NOITE: 



(1) - Porque não clamaram antes da “meia-noite”, então, embora sem azeite, as virgens loucas vieram clamar depois da “meia-noite”.



(2) - Quem não clamar antes da “meia-noite” clamará depois da “meia-noite”, porém, em vão!



(3) - O clamor foi ouvido, mas o pedido foi recusado. O Dia da Misericórdia já havia terminado!




VII - CONSIDERAÇÕES FINAIS:



Ao que tudo indica, falta muito pouco para a meia-noite! Ainda há tempo para todas as Virgens verificarem se estão preparadas, se há azeite em suas lâmpadas, e, também nas vasilhas. O azeite é um dos símbolos do Espírito Santo, e Ele ainda se encontra entre nós, e conosco. (Gn 7:1-16; II Sm 21:17; Hb 12:14)
FONTES DE PESQUISA E CONSULTA:

Comentário Bíblico Broadman – Vol. 8 – JUERP
Site da Internet: Prof. Antonio Sebastião da Silva
Eis o Noivo – Obra Missionária Chamada da Meia-Noite – Wim Malgo
O Espírito Santo – Edições Vida Nova – Billy Graham
BÍBLIA NOVA VIDA
 

Um comentário:

Anônimo disse...

Que DEUS continue te usando de forma maravilhosa a ensinar outras vidas. Um abraço apertado. O GRANDE EU SOU é contigo.