Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







1 de ago de 2009

LIÇÃO Nº 06 - 09/08/2009 - "O SISTEMA DE VIVER DO MUNDO"

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM ENGENHOCA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL LIÇÃO 06 - DIA 09/08/2009 TÍTULO: “O SISTEMA DE VIVER DO MUNDO” TEXTO ÁUREO – Rm 12:2 LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: I Jo 2:15-19; Jo 15:18-19 PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
  • I – INTRODUÇÃO:
  • O mundo exerce uma atração sobre todos nós, como um suposto tesouro que vale a pena conquistar e possuir. Desse modo, o mundo e Deus se oferecem como tesouros alternativos. Assim, se Deus for tudo para nós, o mundo nada valeria. O contrário também é válido: À MEDIDA QUE VALORIZAMOS E AMAMOS O MUNDO, TORNAMO-NOS INIMIGOS DE DEUS (Tg 4:4).
  • Disse o filósofo dinamarquês Soren Kierkegaar: “NO DIA EM QUE O CRISTIANISMO E O MUNDO TORNAREM-SE AMIGOS, O CRISTIANISMO DEIXARÁ DE EXISTIR”.
  • Portanto, devemos estar vigilantes, O MUNDANISMO NA IGREJA CORROMPE OS BONS COSTUMES E EXTINGUE A SANTIDADE - Fp 2:14-15.
  • II - TERMOS GREGOS EMPREGADOS NO NOVO TESTAMENTO QUE SE REFEREM À PALAVRA “MUNDO”:
  • 1) "Ge" - Significa TERRA, CAMPO, CHÃO, no sentido puramente físico. Contrasta a terra com os céus.
  • 2) "OIKOUMENE" - É um particípio derivado das palavras “casa”, “habitar”. Significa, portanto, TERRA HABITADA (Mt 24:14; Lc 2:1; Hb 2:5).
  • 3) "AION" - Significa TEMPO, mas, por extensão, inclui também O ESPAÇO. Indica tudo que existe sob o condicionamento do tempo e do espaço (Ef 2:2; Gl 1:4; II Cor 4:4).
  • 4) "KOSMOS" - Há diversos significados, como abaixo veremos:
  • A) Originalmente significava o mundo físico, apontando, de modo especial, para a sua ordem ou arranjo. Aponta para o universo material como um sistema que Deus criou segundo seus propósitos (Mt 13:35; Jo 17:5; At 17:24; Fp 2:15; I Pe 3:3)
  • B) Também transmite a idéia do universo como habitação dos homens, vindo, daí, a significar a humanidade em sua totalidade (Jo 3:16; 4:42; 15:18; 16:21; At 17:31; II Cor 5:19; I Jo 3:17 cf Jo 1:29)
  • C) TRATA DO SISTEMA DE VALORES ALIENADO DE DEUS, QUE ORIENTA O PENSAMENTO DOS HOMENS EM OPOSIÇÃO A ELE. Assim, o KOSMOS jaz no maligno, as trevas o dominam e o pecado macula sua existência como um todo, mantendo-se, sempre, debaixo da condenação divina (I Jo 5:19 cf Jo 12:31; 14:30) (Jo 1:5; 12:46) (Jo 9:39)
  • D) Símbolo das vantagens materiais que despertam a cobiça (Mt 4:8-9; 16:26; Rm 12:2; II Tm 4:10)
  • E) Símbolo das coisas corrompidas pelo pecado (Gn 19:26 cf Lc 17:32; I Jo 2:15, 17)
  • OBSERVAÇÃO: Notemos que os termos “MUNDO = GE” e “MUNDO = KOSMOS” não são sinônimos. Deus não proíbe o amor à terra criada, isto é, à natureza, às montanhas, às florestas, aos rios, aos mares, etc.
  • III - TRÊS ASPECTOS DO MUNDO PECAMINOSO SÃO ABERTAMENTE HOSTIS A DEUS:
  • I Jo 2:16 - CONCUPISCÊNCIA = APETITE CARNAL DESORDENADO.
  • 1) A CONCUPISCÊNCIA DA CARNE - Inclui os desejos impuros e a busca de prazeres pecaminosos e a gratificação sensual - (I Cor 6:18; Fp 3:19; Tg 1:14)
  • 2) A CONCUPISCÊNCIA DOS OLHOS - Se refere à cobiça ou desejo descontrolado por coisas atraentes aos olhos, mas proibidas por Deus, inclusive o desejo de olhar para o que dá prazer pecaminoso. Nesta era moderna, isso inclui o desejo de divertir-se contemplando pornografia, violência, impiedade e imoralidade no teatro, na televisão, no cinema ou em periódicos (Ex 20:17; Gn 3:6; 6:1-2; Js 7:21; II Sm 11:1-2; Mt 5:28; Rm 7:7)
  • 3) A SOBERBA DA VIDA - Significa o espírito de arrogância, orgulho e independência auto-suficiente, que não reconhece Deus como Senhor, nem a Sua Palavra como autoridade suprema. Tal pessoa procura exaltar, glorificar e promover a si mesma, julgando não depender de ninguém (Tg 4:13-16).
  • IV – O RELACIONAMENTO ENTRE O CRENTE E O MUNDO (KOSMOS):
  • A palavra MUNDO (KOSMOS) freqüentemente se refere ao vasto sistema de vida desta era, fomentado por satanás e existente à parte de Deus. Consiste não somente nos prazeres obviamente malignos, imorais e pecaminosos do mundo, mas também se refere ao espírito de rebelião que nele age contra Deus e de resistência ou indiferença a Ele e à Sua revelação. Isso ocorre em todos os empreendimentos humanos que não estão sob o senhorio de Cristo.
  • Na presente era, satanás emprega idéias mundanas de imoralidade, das filosofias, psicologia, desejos, governos, cultura, educação, ciência, arte, medicina, música, sistemas econômicos, diversões, comunicação de massa, esporte, agricultura, etc, para opor-se a Deus, ao Seu povo, à Sua Palavra e aos Seus padrões de retidão (Mt 16:26; I Cor 2:12; 3:19; Tt 2:12; I Jo 2:15-16; Tg 4:4; Jo 7:7; 15:18-19; 17:14).
  • Por exemplo: Satanás usa:
  • (A) a profissão médica para defender e promover a matança de seres humanos nascituros;
  • (B) a agricultura, para produzir drogas destruidoras da vida, tais como álcool e os narcóticos;
  • (C) a educação, para promover a filosofia ímpia humanista;
  • (D) e os meios de comunicação em massa, para destruir os padrões divinos de conduta.
  • Os crentes devem estar conscientes de que, por trás de todos os empreendimentos meramente humanos, há um espírito, força ou poder maligno que atua contra Deus e a Sua Palavra.
  • Finalmente, o mundo também inclui todos os sistemas religiosos originados pelo homem, bem como todas as organizações e igrejas mundanas ou mornas. Meditemos no seguinte...
  • 1. Satanás – É o deus do presente sistema mundano. Ele o controla juntamente com uma hoste de espíritos malignos, seus subordinados – Mt 4:10; Jo 12:31; 14:30; 16:11; II Cor 4:4, 19; Dn 10:13; Lc 4:5-7; Ef 6:12-13. Ele tem o mundo organizado em sistemas políticos, culturais, econômicos e religiosos que são inatamente hostis a Deus e a Seu povo e que se recusam a submeter-se à Sua verdade, a qual revela a iniqüidade do mundo – Jo 7:7; 15:18-19; 17:14; Tg 4:4; I Jo 2:16.
  • 2. O mundo e a Igreja verdadeira – São dois grupos distintos de povo. O mundo está sob o domínio de satanás; a Igreja pertence exclusivamente a Deus - Jo 12:31 cf Ef 5:23-24; Apc 21:2.
  • 3. Os crentes no mundo – São forasteiros e peregrinos (Hb 11:13: I Pe 2:11). Logo...
  • A) Não devem pertencer ao mundo – Jo 15:19;
  • B) Não se conformar com mundo – Rm 12:2;
  • C) Não amar o mundo – I Jo 2:15;
  • D) Odiar a iniqüidade do mundo – Hb 1:9;
  • E) Morrer para o mundo – Gl 6:14;
  • F) Ser libertos do mundo – Cl 1:13; Gl 1:4;
  • G) Vencer o mundo – I Jo 5:4.
  • V – OS CRENTES QUE AMAM E OS QUE NÃO AMAM O MUNDO:
  • Amar o mundo significa estar em estreita comunhão com ele e dedicar-se aos seus valores, interesses, caminhos e prazeres. Assim...
  • A) Amar o mundo corrompe nossa comunhão com Deus e leva à destruição espiritual. É impossível amar o mundo e a Deus ao mesmo tempo – Mt 6:24; Lc 16:13 cf Tg 4:4.
  • B) Amar o mundo significa ter prazer e satisfação naquilo que ofende a Deus e que se opõe a Ele – Lc 23:35.
  • C) Da parte do mundo, o verdadeiro cristão terá tribulação (Jo 16:33); ódio (Jo 15:19); perseguição (Mt 5:10-12); e sofrimento em geral (Rm 8:22-23; I Pe 2:19-21)
  • D) O crente verdadeiramente santificado não deve ter comunhão espiritual com aqueles que vivem o sistema iníquo do mundo (Mt 9:11; II Cor 6:14).
  • E) O crente verdadeiramente santificado deve reprovar abertamente o pecado (Jo 7:7; Ef 5:11);
  • F) O crente verdadeiramente santificado deve ser sal e luz do mundo (Mt 5:13-14);
  • G) O crente verdadeiramente santificado deve amar os pecadores e procurar ganhá-los para Cristo (Jo 3:16 cf Mc 16:15; I Pe 5:8);
  • VI – CONSIDERAÇÕES FINAIS:
  • Satanás, usando as atrações do mundo, faz um esforço incenssante para destruir a vida de Deus dentro do cristão (II Cor 11:3; I Pe 5:8). Porém, devemos não esquecer de que o sistema deste mundo é temporário e será destruído por Deus (Dn 2:34-35, 44; II Ts 1:7-10; I Cor 7:31; II Pe 3:10; Apc 18:1-2).
  • FONTES DE CONSULTA: 1) A Bíblia de Estudo Pentecostal – CPAD 2) A Bíblia Vida Nova - Edições Vida Nova 3) O Mundo, A Carne e o Diabo - Edições Vida Nova - Autor: Russell Shedd 4) Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia - Volume 5 - Autores: R. N. Champlin e J. M. Bentes 5) Pequena Enciclopédia Bíblica - CPAD - Autor: Orlando S. Boyer