Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







6 de jan de 2016

1º TRIMESTRE DE 2016 - LIÇÃO Nº 02 - 10/01/2016 - SINAIS QUE ANTECEDEM A VOLTA DE CRISTO

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM ENGENHOCA
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
LIÇÃO 02 - DIA 10/01/2016
TÍTULO: “SINAIS QUE ANTECEDEM A VINDA DE CRISTO”
TEXTO ÁUREO – Mt 24.3
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Mt 24.3-8, 11-14

PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO





I – INTRODUÇÃO:



Sinais são um conjunto de acontecimentos previamente ordenados por Deus e registrados antecipadamente nas Escrituras Sagradas com objetivo de alertar os fiéis com respeito à proximidade de vinda de Cristo. Os sinais acham-se distribuídos nos seguintes tópicos:



À Igreja (para o arrebatamento); a Israel (para seu preparo em receber o Messias sete anos depois) e às nações (para o Milênio)



 – I Ts 4:16 (o alarido – à Igreja); (voz de arcanjo – a Israel); e (trombeta de Deus – às nações).



O diabo perturba a Igreja tanto através do erro quanto do pecado. Quando ele não consegue atrair os cristãos para o pecado, engana-os com falsas doutrinas.




II – SINAIS NA VIDA DA IGREJA:



(1) - O ESFRIAMENTO DO AMOR - Apc 2:4-5; Mt 24:12-13.



(2) - ENSINO SEM BÍBLIA - Lc 20:41-44; Mt 23:1-12; Mc 12:30-40 - Confissão Positiva; Teologia da Prosperidade; Igrejas somente como organização e não como organismo vivo, deixando de ser uma agência de Deus, para ser uma agência dos homens, com: conquista, sucesso e prosperidade física, financeira e espiritual. Embora, seja um assunto bíblico e especialmente para os salvos, é segundo plano - Mt 6:33; Humanismo; falsa espiritualidade



(3) - A BUSCA, ANSIOSA, PELA ESPIRITUALIDADE - Mt 24:4-5 - Os falsos Cristos e os falsos profetas. " O pai da mentira tem trabalhado bastante para iludir a humanidade em relação aos anseios espirituais. Há uma busca enorme pela espiritualidade, desde que ela não intervenha profundamente na vida de seus adeptos." Nota-se hoje a força avassaladora do: Budismo, Seicho-No-Ie; Ioga; entre outros espiritualistas.



"Uma pessoa torna-se um falso mestre ou um falso profeta quando procura andar em um ministério para o qual Deus não o enviou. Isso não significa que ela não seja crente; apenas foi enganada a acha que foi comissionada a um ministério para o qual Deus não lhe chamou-" Jo 7:18; Rm 11:29.



(4) - OS ESCÂNDALOS - Lc 17:1-2; Sf 3:1-5; III Jo 4; Mt 18:23-35; Hb 6:5-6 - Há "traições, mesmo entre o povo de Deus. Jesus não foi traído por um romano ou fariseu, mas por um de seus discípulos. Paulo quando fala dos perigos que passou, cita os falsos irmãos - II Cor 11:26



(5) - GUERRAS E CONTURBAÇÕES - SEDIÇÃO: Desordem pública; convulsão social; revolução; etc,- Lc 21:9. CORRUPÇÃO GERAL DO GÊNERO HUMANO, Gn 6:1-13. VIOLÊNCIA



(6) - PERSEGUIÇÃO - Mt 24:9 - de forma sutil e minada. "Um cão, pode fazer com que o seu inimigo alie-se a ele".





III - SINAIS DOS TEMPOS:



(1) - NATUREZA (Lc 21:11);



(2) - POLÍTICA (Lc 21:9); 



(3) - SOCIEDADE E FAMÍLIA (Mt 24:37-38);



(4) - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ (Mt 24:12);



(5) - FALSO MESSIANISMO (Mt 24:24);



(6) - EFUSÃO DO ESPÍRITO SANTO (Jl 2:28-31) e



(7) - RENASCIMENTO DE ISRAEL COMO POVO DE DEUS (Mt 24:32)




IV - ANÁLISE DESTES SINAIS 



Leiamos Mt 24:8 - A nossa versão Almeida da Bíblia aparece “SÃO O PRINCÍPIO DOS SOFRIMENTOS”, enquanto que no original grego diz que “TODAS ESSAS COISAS SÃO O PRINCÍPIO DAS DORES DE PARTO”



Visualizemos o pai nervoso que aguarda o nascimento de seu filho, contando os intervalos entre as contrações dolorosas da esposa parturiente, a fim de determinar a proximidade do nascimento. NÃO É A DOR INICIAL EM SI QUE DÁ O SINAL. SOMENTE QUANDO ELAS SE TORNAM MAIS FREQUENTES, CONTÍNUAS, É QUE A MULHER SABE QUE O BEBÊ ESTÁ PRESTES A NASCER.



Notemos, portanto, que a simples presença no mundo dos sete tipos de eventos vaticinados por Jesus em Mt 24:3-12, não representa, a rigor, sinais a serem observados. SÓ QUANDO ESTES EVENTOS, ESSAS “DORES DE PARTO” SE TORNASSEM MAIS FREQUENTES E INTENSAS, SABEREMOS IDENTIFICAR A APROXIMAÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS DO SOFRIMENTO DA IGREJA E DO NASCIMENTO DE UMA NOVA ERA. Logo, sabemos que essa nova era se aproxima de forma apressada, pela intensidade e frequência com que se manifestam os sinais da vinda de Jesus.



(1) - AUMENTO DA CIÊNCIA E COMÉRCIO SEM PRECEDENTE - (Dn 12:4) - Esta profecia de Daniel foi proferida há 2500 anos e designa com exatidão divina e infalível precisão a época em que vivemos como O TEMPO DO FIM. “O TEMPO DO FIM” não é o fim do tempo; isto é, não é o próprio fim, mas um breve espaço de tempo que precede ao fim. Tem de haver, exatamente antes da vinda de Jesus, um tempo durante o qual as profecias devem esclarecer, pregar em toda a terra, revelando aos homens a importância do tempo em que vivem e preparando-os a encontrar seu Senhor quando voltar. A ISTO SE CHAMA “O TEMPO DO FIM”. Este tempo deve ser reconhecido por duas coisas: SERÁ UM TEMPO DE CONHECIMENTOS SEM PRECEDENTES e de INCOMPARÁVEL COMÉRCIO. Jamais houve um tempo semelhante a estes últimos anos, em matéria de desenvolvimento, ampliação das faculdades mentais e conhecimentos humanos. O tempo atual é sem precedentes quanto ao movimento de viajantes. Multidões de criaturas se acham constantemente em viagem “DE UMA PARA OUTRA PARTE”.




V - GUERRAS, RUMORES DE GUERRAS e ANGÚSTIA DAS NAÇÕES: 



Leiamos Mt 24:6-7; Lc 21:9-10 - Um dos mais flagrantes sinais destes tempos e da proximidade do fim do mundo, é o estado belicoso dos povos, os universais preparativos de guerra e a consequente angústia das nações. As palavras dos profetas vêm em abono das declarações de Cristo (Jl 3:9-14; Ag 2:22). Entre os anos de 1898 e 1991 houve centenas de conflitos armados no mundo, sendo que mais de 80 ocorreram nos últimos 20 anos. Durante a 1ª Guerra Mundial morreram 8.418.000 militares e 1.300.000 civis. Na 2ª Guerra Mundial morreram 16.933.000 militares e 34.305.000 civis. Um grande estadista informou que o custo de um único míssil intercontinental daria “PARA PLANTAR 200 MILHÕES DE ÁRVORES; IRRIGAR UM MILHÃO DE HECTARES DE TERRA; ALIMENTAR 80 MILHÕES DE PESSOAS SUBNUTRIDAS; COMPRAR UM MILHÃO DE TONELADAS DE FERTILIZANTES; CONSTRUIR 65 MIL CENTROS DE SAÚDE; 340 MIL ESCOLAS PRIMÁRIAS”. Recentemente, na Guerra do Golfo Pérsico, foram gastos bilhões de dólares em aquisição de armamentos, que dariam para socorrer milhões de famintos e desabrigados e construir milhares de habitações, hospitais e escolas em países do chamado Terceiro Mundo.



O poder atômico estava definitivamente previsto na profecia (Lc 21:26 - “OS PODERES DOS CÉUS SERÃO ABALADOS” -  A palavra “CÉUS” é traduzida do grego UORANOS. URANO É O ELEMENTOS DO QUAL É FABRICADA A BOMBA ATÔMICA - Ler Apc 13:13 cf II Pe 3:10-11.




VI - ILEGALIDADE E CRESCENTE INIQUIDADE:



Leiamos Mt 24:12 – O estado do mundo antes do dilúvio é
um tipo das condições do mesmo imediatamente
antes da segunda vinda de Cristo - (Gn 6:5, 11-13; 
Hc 1:3 cf Lc 17:26-30). Anarquia e ateísmo em 
todo o mundo. Ilegalidade e violência. O século da
corrupção moral. Aumento do crime.



Leiamos II Ts 2:9-12; II Pe 3:3-7 - Neste tempo em que os alicerces da sociedade humana e da civilização parecem estar a desmoronar-se e a remover-se as barreiras que os homens levantaram para restringir as tendências más, que deve fazer o cristão? O mesmo Senhor que está para voltar, responde-nos na Sua santa palavras (Sl 91:3-11; Tg 5:7-8)




VII - SINAIS NO MUNDO RELIGIOSO:



Leiamos II Tm 3:1-5 - Esta é a fotografia que a Palavra de Deus apresenta as condições religiosas que hão de prevalecer nos “últimos dias”



(1) AMOR PRÓPRIO ou AMANTES DE SI MESMOS ou CHEIOS DE AMOR DE SI - Os homens são egoístas. Em todas as suas relações com os outros, colocam seus interesses em primeiro lugar



(1.1) - Professam amar a Deus e Sua causa, mas, logo que a Sua Palavra lhes exija qualquer sacrifício, torna-se patente que amam mais a si mesmos do que a Deus;




(1.2) - A única cruz que estão dispostos a conduzir é uma feita de ouro, própria para adorno;



(1.3) - Têm cuidado de que as exigências da religião não lhes impeçam a satisfação de seus desejos de prazeres e diversões;



(1.4) - Desprezam a moderação, a sobriedade e a diligência;



(1.5) - Trabalham com afinco para se enriquecer e depois se retiram a uma vida de prazeres, luxo e desregramento; e



(1.6) - Mau grado professarem serem religiosos, é patente que têm o coração nas coisas terrenas.



(2) – AVAREZA - Por amor ao ouro, se praticam opressões, imoralidades, fraudes, assaltos e assassinatos. Há uma desordenada ambição por riqueza e lucro; Há especulações, subornos políticos e há mesmo SERMÕES A PESO DE DINHEIRO.



(3) - O ESPÍRITO DE JACTÂNCIA ou PRESUNÇOSOS ou ENTONADOS ou ALTIVOS ou PRETENSIOSOS ou JACTANCIOSOS - Jactam-se os homens de sua habilidade, de seus talentos, de sua força, seu poder, suas façanhas e até mesmo de seus atos criminosos; Só estão dispostos a fazer esmolas quando o podem fazer meio de aplausos e elogios.



(4) – SOBERBA - Em nenhuma época passada foram os homens tão dados à soberba e ao luxo; Há o orgulho nacional, orgulho político, orgulho religioso e orgulho social; Há orgulho no traje, sacrificando-se honra, reputação, saúde e vida por amor de modas oriundas do baixo mundanismo



(5) - BLASFÊMIA ou MALDIZENTES - Este termo provém do grego BLASPHEMEO = FALAR MAL DE; MALDIZER; DIFAMAR; INJURIAR. Neste sentido, ouvimos blasfêmias nas ruas, nas casas, nas lojas, nas fábricas, nos bancos, nos escritórios, nas salas de espera e até nas Igrejas



(6) -  DESOBEDIÊNCIA AOS PAIS - Crianças obedientes hoje são raras. Predomina o menosprezo pelas restrições paternas, o desrespeito às autoridades e ao domínio dos pais. As crianças de nossos tempos já são maduras no pecado, conhecendo mais deles aos quinze anos do que os seus pais conheciam aos trinta anos de idade.



(7) – INGRATIDÃO - Os homens deixam de agradecer a Deus Sua bondade, misericórdia e amor e todas as bênçãos que sobre eles derrama; Os filhos deixam de honrar aos pais e lhes retribuir seu amor e solicitude; Pessoas que hoje recebem um favor e amanhã pagam o bem como mal. Pretensos amigos traem a confiança, revelam segredos e violam confidências.



(8) - IMPIEDADE ou PROFANOS ou MALVADOS ou ÍMPIOS - Há muita ostentação nas formalidades religiosas: templos magníficos; ricos mobiliários; pregadores eloquentes, MAS POUCA É A REVERÊNCIA E A SANTIDADE; Raros são os evangélicos que se acham inteiramente livres da influência de hábitos degradantes, concupiscências e apetites. É desígnio de Deus que a Igreja vença o mundo, mas hoje o mundo é que está vencendo a Igreja.



(9) - SEM AFETO NATURAL ou SEM AFEIÇÃO NATURAL - Assassinato de inocentes crianças cuja vida não era desejada; O divórcio e as separações; Assassinato de idosos pais por filhos egoístas



(10) - IMPLACABILIDADE ou IRRECONCILIÁVEIS ou SEM PAZ ou FRAUDULENTOS - Muito pouco se pode confiar na palavra dos homens. Tratados entre nações tornam-se simples pedaços de papel. Homens há que mentem jurando.



(11) -  CALÚNIAS ou CALUNIADORES - Falsidades correm mundo, multiplicadas mil vezes pela imprensa. Nas campanhas políticas abundam deturpações, falsidades e calúnia.



(12) - PERVERSIDADE ou CRUÉIS ou DESUMANOS ou SEVEROS - Cumpre-se isto nas atrocidades com que as nações mutuamente se tratam em seus conflitos: corpos mutilados; dilacerados; moribundos; mortos. Isso prevalece hoje entre homens e nações, um espírito de ódio inalterável, cruel e que não perdoa.



(13) - DESAMOR DO BEM ou SEM AMOR PARA COM OS BONS ou SEM BENIGNIDADE ou INIMIGOS DOS BONS ou INIMIGOS DO BEM - Os maus tem-se tornado cada vez piores e mais numerosos, sendo que há um aumento do ódio contra os bons. Aqueles que não servem a Deus, odeiam aos que O servem.



(14) - TRAIÇÃO ou TRAIDORES - São raríssimos os homens em que se pode confiar sob todas as circunstâncias: depositários traem aos depositantes; caixas e contadores dão desfalques; empregados de confiança traem seus patrões e os encarregados da herança de viúvas e órfãos tratam de embolsar a maior parte da mesma.



(15) - TEMERIDADE ou OBSTINADOS ou INSOLENTES - Predomina o espírito de rapidez, de infrene corrida, pois quem não corre com a turba, é atropelado. A paciência é uma virtude há muito desprezada. Cautela, prudência e sabedoria são virtudes absoletas. Tudo tem que ser feito com rapidez. Graves questões das quais possa depender o destino de nações, são muitas vezes liquidadas precipitadamente pela paixão popular



(16) - ORGULHO ou ENFATUADOS ou PRESUNÇOSOS ou INFLADOS - Jovens que acabam de deixar os bancos escolares, descobrem desde logo saberem mais que todo mundo: muitos não reconhecem a autoridade de Deus e da Bíblia e colocam suas opiniões acima da expressa Palavra de Deus.



(17) - AMOR AOS PRAZERES ou MAIS AMIGOS DOS DELEITES DO QUE DE DEUS ou MAIS AMANTES DA VOLUPTUOSIDADES QUE DE DEUS - Nossa época é de diversões e prazeres de toda sorte. ATÉ MESMO AS IGREJAS ORGANIZAM PERIODICAMENTE SEUS FOLGUEDOS E ESPETÁCULOS. Os prazeres singelos não bastam para satisfazer as exigências deste século; é preciso alguma coisa selvagem, estranha, excitante e sensacional. A alegria e a loucura dominam muitos espíritos. Existem hoje muitos que, como Nero, seriam capazes de cantar enquanto Roma queimasse.



(18) - FORMALISMO E HIPOCRISIA - TENDO APARÊNCIA DE PIEDADE, MAS NEGANDO A EFICÁCIA DELA - Isto é aplicável aos membros das Igrejas e não aos profanos. É uma descrição dos pecados das Igrejas, pecados daqueles que têm o nome de Cristo, que fazem profissão de cristianismo mas que são, na realidade, profanos. As Igrejas não têm operado conta a corrupta natureza humana; não tem removido o pecado e muitos pensam que o fato de ter o nome inscrito no rol de membros da Igreja, cobre uma multidão de pecados



(19) - CAPITAL E TRABALHO - Tg 5:1-6 - Os homens, como nunca dantes na história da raça humana, amontoam fortunas. E estas são, em alguns casos, acumuladas com injustiça, desonestidade e fraude (Is 2:7, 10-12)



(20) - PESTILÊNCIAS, TERREMOTOS e CATÁSTROFES EM TERRA E MAR (Mt 24:7; Lc 21:11) – Estes elementos lembram-nos constantemente a inseguridade e instabilidade de todas as coisas terrestres; Não há nada que tanto concorra para dar solenidade aos pensamentos e estimular à séria consideração das eternas coisas de Deus, como sentir a sólida terra tremer sob os pés e testemunhar o ruir das obras de mãos humanas - Sl 148:8; Is 24:19-20; Ez 38:20-22; Jl 2:30; Lc 21:11.




VIII – APOSTASIA:



I Tm 4.1 - O apóstata é especialista em trazer e plantar ervas daninhas na lavoura de Deus. Põe veneno na panela, tais como: ataca a soberania de Deus, Jd 4; nega a divindade de Jesus Cristo, At 4.12; mata a viva esperança, negando a realidade da vinda de Cristo, 2 Pe 3.1-10.




IX – OS SIGNIFICADOS DA PALAVRA “APOSTASIA”



Apartar; Decair; Desertar; Rebelar-se; Abandonar; Retirar-se ou afastar-se daquilo a que antes se estava ligado; Renunciar voluntariamente à fé; Negar a fé, renunciando a verdade tal como se recebeu no princípio; Abandonar premeditada e conscientemente a fé cristã.



O apóstata abandona a fé cristã e não abandona a cristandade, causando grande estrago na seara do Mestre. Por exemplo: Jo 6:60-71 - Judas foi eleito apóstolo depois de uma noite inteira de oração. Ele foi escolhido dentre muitos outros. Mas Judas abriu asas na direção do diabo e se tornou sua presa e possessão. Renunciou à fé e seguiu o caminho da morte, por suicídio.




X - PASSOS QUE LEVAM À APOSTASIA




O crente, por sua falta de fé, deixa de levar plenamente a sério as verdades, exortações, advertências, promessas e ensinos da Palavra de Deus (Mc 1:15; Lc 8:13; Jo 5:44, 47; 8:46)




Quando as realidades do mundo chegam a ser maiores do que as do reino celestial de Deus, o crente deixa paulatinamente de aproximar-se do Senhor através de Cristo (Hb 4:16; 7:19, 25; 11:6)



Por causa da aparência enganosa do pecado, a pessoa se torna cada vez mais tolerante à vida pecaminosa. Já não ama a retidão nem odeia a iniquidade (I Cor 6:9-10; Ef 5:5; Hb 1:9; 3:13)



Por causa da dureza do seu coração e da sua rejeição dos caminhos de Deus, não faz caso da repetida voz e repreensão do Espírito Santo. Assim, o Espírito Santo se entristece, Seu fogo se extingue e Seu templo é profanado. (Hb 3:8, 10, 13; Ef 4:30 I Ts 5:19-22; Hb 3:7-11; I Cor 3:16)



Finalmente, o Espírito Santo se afasta daquele que antes era crente (Jz 16:20; Sl 51:11; Rm 8:13; I Cor 3:16-17; Hb 3:14)




XI - DANOS CAUSADOS PELOS APÓSTATAS:



- Negam a inspiração divina da Palavra de Deus;



- Introduzem doutrinas de demônios: teologia da prosperidade, hipnose, acupuntura, etc...;



- Induzem o rebanho a ser guiado por grandes líderes e não por sacerdotes;



- Divinizam o homem e humanizam Deus;



- Desqualificam o púlpito;



- Cristo deixa de ser a Estrela da manhã no culto e elevam as músicas, as coreografias, as apresentações, os pregadores;



- Induzem o rebanho a fazerem aliança com políticos e empresários;



- Transformam a Igreja em verdadeiros clubes (point);



- Transformam a Igreja em empresa e o rebanho em produtos;



- Pastores, líderes e músicos transformam-se em empresários gospel e garotos propaganda.



Se a apostasia continuar sem freio, o indivíduo chegará, finalmente, ao ponto em que não seja possível um recomeço, não havendo mais possibilidade de arrependimento e de salvação (Hb 6:4-6; Dt 29:18-21; I Sm 2:25; Pv 29:1)



Logo, a única salvaguarda contra o perigo da apostasia extrema está na admoestação do Espírito Santo (Hb 3:7-8, 15; 4:7)




XII – ADVERTÊNCIAS CONTRA OS FALSOS MESTRES:



(1) - A CONDUTA - II Pe 2:1-3 - Introduzem, furtiva e artificialmente, heresias fatais, negando até o próprio Senhor. Cobrem os seus verdadeiros motivos com argumentos plausíveis, desviando muitos do caminho.



(2) - A CONDENAÇÃO - II Pe 2:4-9 - Aqui está um dos exemplos da retribuição.



(3) - O CARÁTER - II Pe 2:10-22 - O apóstolo provavelmente tem em vista o surgimento das seitas gnósticas, que combinavam uma moral corrompida a uma vida contaminada. As seguintes seitas surgiram no segundo século: OS AFIÓLATRAS - Adoravam a serpente do Jardim do Éden como seu benfeitor; OS CAINITAS - Exaltavam como heróis alguns dos personagens mais vis do Antigo Testamento; OS CARPÓCRATAS - Ensinavam a imoralidade; OS ANTÍACTOS - Consideravam a violação dos Dez Mandamentos como um dever para com o Deus supremo, pela razão de terem sido eles promulgados por um ímpio anjo mediador.



(4) - II Tm 3:1-5 - VÃ PROFISSÃO DE RELIGIÃO - Combinam a completa falta de poder com um nível baixo de moralidade.



(5) - II Tm 3:6-9 - TEM FALTA DE PRINCÍPIOS E OPOSIÇÃO À VERDADE - Desta forma, temos de nos perguntar que efeitos os ensinamentos dos falsos mestres estão produzindo nos discípulos. Isto porque, às vezes, a falsidade do ensino falso não aparece imediatamente; apenas mais tarde percebemos que seus resultados foram desastrosos: Perturba a fé das pessoas, promovendo a impiedade e divisões dolorosas (II Tm 2:16-18 cf I Tm 6:4-5; II Tm 2:23; Tt 1:1).




XIII – CONSIDERAÇÕES FINAIS:



O bom e verdadeiro ensinamento produz fé, amor e piedade (I Tm 1:4-5; 4:7; 6:3; II Tm 3:16-17; Tt 1:1)



Devemos ser verdadeiros mestres da Palavra de Deus, evitando os falatórios profanos dos falsos mestres (II Tm 2:15-21)



Devemos fugir não só da doutrina errônea, mas também da vida má, seguindo não só a verdadeira doutrina, mas também a verdadeira vida (II Tm 2:22)



Ct 2:15 - Devemos ter muito cuidado com “as raposas”. Este tipo de animal simboliza em nossos dias os falsos mestres, os falsos obreiros, as falsas doutrinas, as heresias, o falso pentecoste baseado na imitação. Só há um remédio eficaz para cambatê-los: DOUTRINA SADIA E FOGO PENTECOSTAL COM MARCA REGISTRADA.


FONTES DE CONSULTA E PESQUISA:

1) Pearlman, Myer - ATRAVÉS DA BÍBLIA LIVRO POR LIVRO - EDITORA VIDA

2) Apolônio, José - Sintetizando a Bíblia – CPAD

3) Stott, John R. W. - A Mensagem do Sermão do Monte - ABU Editora

4) Estudo Bíblico: “Acautelai-vos dos Falsos Profetas” – Antônio Carlos Barro