Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







28 de nov de 2013

4º TRIMESTRE DE 2013 - LIÇÃO N° 09 - 01/12/2013 - "O TEMPO PARA TODAS AS COISAS"

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 09- DATA: 01/12/2013
TÍTULO: “O TEMPO PARA TODAS AS COISAS”
TEXTO ÁUREO – Ec 3.1
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Ec 3.1-8

PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
e-mail: geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/







I – INTRODUÇÃO:


Uma das coisas que o Livro de Eclesiastes nos ensina é: Experimentemos a sabedoria terrena, os prazeres, as edificações, as plantações, a criação e coleção de obras de arte, a criação de gado, a música, as riquezas, a fama, e veremos que tudo isso é vaidade e aflição de espírito, quando estamos longe da presença de Deus.



II – PEQUENA SÍNTESE DO LIVRO DE ECLESIASTES:


TÍTULO – A palavra “Eclesiastes” significa “Pregador”. Pode ter sido assim chamado pelo fato de ter Salomão, depois da sua triste experiência de desviar-se, ensinado publicamente as suas experiências e as lições aprendidas.


TEMA - No livro dos Provérbios tomamos conhecimento da sabedoria que tem o seu princípio em Deus. Agora, em Eclesiastes, tratamos da sabedoria meramente natural, que, à parte de Deus, procura encontrar a verdade e a felicidade. Ambos os livros foram escritos por Salomão: o primeiro durante a primeira parte de seu reinado, quando andava com Deus; o segundo, durante a última parte de seu reinado, quando o pecado o separava do seu Criador.


Nos Provérbios, ouvimos dos lábios de Salomão uma nota de gozo e contentamento ao meditar sobre as bênçãos da sabedoria divina; em Eclesiastes, um tom de tristeza, desalento e perplexidade ao ver o fracasso da sabedoria natural ao tentar resolver os problemas humanos e obter a perfeita felicidade.


Depois de seu afastamento de Deus, Salomão ainda tinha riqueza e sabedoria. Possuído destas, começou a sua investigação da verdade e da felicidade sem Deus. O resultado tem sua expressão na sentença sempre citada: “Tudo é vaidade”, que aqui significa “vazio, sem valor”.


Salomão aprendeu a seguinte verdade, que resumo o tema do livro: Sem a bênção de Deus, sabedoria, posição e riquezas não satisfazem; muito pelo contrário, trazem cansaço e decepção.



III – UMA EXORTAÇÃO BÍBLICA: “É TEMPO DE CHORAR”:


Deus nos conclama ao gemido, ao clamor e ao choro.



CLAMOR - O sentido básico desta palavra é GRITAR POR SOCORRO EM TEMPO DE AFLIÇÃO. É usada quase que exclusivamente com referência a UM GRITO, UM CLAMOR DE UM CORAÇÃO ANGUSTIADO, NECESSITADO DE ALGUM TIPO DE AJUDA.



Ex 2:23-25 - Israel gemia pela opressão no Egito. Quatrocentos anos se passaram e já reinava um novo Faraó que desconhecia a história dos israelitas. O povo então: Suspirou, Clamou e Gemeu.


E Deus ouviu o gemido e o clamor de Israel, viu atentamente a aflição do Seu povo, conheceu as dores e a opressão dos israelitas e desceu para livrá-los das mãos dos egípcios – Ex 3:7-9.


Vejamos outros exemplos bíblicos de gritos e clamores dirigidos ao nosso Deus e que alcançaram respostas:


(1) - DOS CEGOS - Mt 9:27-31;


(2) - DOS TEMEROSOS E EM GRANDE PERIGO - Mt 14:22-33;


(3) - DE UMA MÃE PREOCUPADA - Mt 15:21-28;


(4) - DOS DOMINADOS PELOS DEMÔNIOS - Mc 5:1-20; e


(5) - DE UM PAI PELO SEU FILHO - Mc 9:14-27


No Livro de Eclesiastes há também um outro chamado de Deus. Analisemos:


“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: ... há... TEMPO DE CHORAR...” - Ec 3:1, 4a.


Este é o chamado de Deus para nos colocarmos no lugar das pessoas sofredoras por meio das orações intercessórias.


Relacionemos algumas razões pelas quais devemos chorar pela situação atual do mundo:


(1) - A HUMANIDADE ABANDONOU A DEUS: -


(1.1) - As nações se esqueceram de Deus (Sl 9:17);


(1.2) - O mundo não quer aceitar o conhecimento de Deus (Rm 1:28);


(1.3) - O mundo mostra desprezo pela bondade, tolerância e paciência constantes de Deus (Rm 2:4); e


(1.4) - O mundo se endurece por causa dos juízos de Deus e por colherem o que semeiam (Rm 2:5; Apc 16:21).



(2) - O PECADO SE MULTIPLICA:


(2.1) - Os perversos pioram cada vez mais, enganando e sendo enganados (II Tm 3:13);


(2.2) - Os pecados descritos em II Tm 3:1-5 estão em evidência;


(2.3) - Os pecados grosseiros da perversão sexual, estupro e pornografia endurecem a consciência do mundo;


(2.4) - O terrorismo, o sadismo e crueldade alcançam proporções incalculáveis; e


(2.5) - A guerra está cada vez mais terrível e a paz parece constantemente precária.



(3) - COMO IGREJA, ESTAMOS INATIVOS, FRACOS e ESPIRITUALMENTE ADORMECIDOS - Rm 3:11-12 cf Pv 10:5:


(3.1) - Temos nome de estar vivos, mas, com frequencia, estamos espiritualmente mortos (Apc 3:1);


(3.2) - Falta-nos o poder que deveria dar ao mundo nosso testemunho de espiritualidade e piedade (II Tm 3:5);


(3.3) - Há um afastamento da sã doutrina e os falsos cultos se multiplicam (II Tm 4:3-4);


(3.4) - Nossa condição espiritual é muitas vezes semelhante à Igreja de Laodicéia (Apc 3:17);


(3.5) - Perdemos o entusiasmo da primeira Igreja pelo testemunho e conversão de almas; e


(3.6) - Ficamos perturbados com os pecados espalhafatosos do mundo, mas estamos sempre agindo como ele, pensando como ele, imitando a ele.



(4) - PORQUE A VINDA DO SENHOR ESTÁ PRÓXIMA E A NOSSA TAREFA TÃO INCOMPLETA:


(4.1) - Devemos nos lembrar que cada pessoa que não aceita a Jesus como Salvador irá passar a eternidade no inferno.



(5) - PORQUE A NATUREZA GEME – Rm 8:22:


(5.1) - Ela não tem culpa do estado de maldição em que está hoje; teve seu estado original alterado (Rm 8:20).


(5.2) - As dores de parto que a terra sente é o aguardo de novos céus e terra. No milênio, todas as características originais serão restauradas (Apc 21:1).



(6) - PORQUE A IGREJA GEME – Rm 8:23:


(6.1) - Gememos esperando a libertação desse corpo, da carne; queremos e precisamos fazer o bem, mas nem sempre conseguimos – Rm 7:19.


(6.2) - Gememos, pois queremos deixar esse tabernáculo, esse corpo mortal, inclinado ao pecado, para recebermos nosso novo corpo. Nesse corpo corruptível há uma centelha de Deus, que almeja e deseja somente Ele - I Cor 15:53.


(6.3) - Gememos esperando nossa adoção, como plenos filhos de Deus. É difícil sabermos que somos filhos, mas não temos ainda os direitos adquiridos dessa filiação - I Jo 3:2.



(7) - PORQUE O ESPÍRITO SANTO GEME – Rm 8:26:


(7.1) - Em último estágio, vemos o Espírito gemendo, suspirando pelas nossas fraquezas e fracassos. É um nível de gemido intenso e profundo, sentindo dores. É um gemido diferente dos demais.


(7.2) - Gemidos Inexprimíveis - Que não se consegue entender por palavras, gestos e fisionomias. Não há ninguém nesse mundo que consiga entender Seu lamento, Sua voz silenciosa: Só Deus sabe qual é a intenção do Espírito ao interceder pelo Seu povo – Rm 8:27a.



IV - OS QUE CHORARAM:


(1) - Jó testemunhou - Jó 30:25;


(2) - Moisés e outros filhos de Deus choraram sobre o pecado do povo - Nm 25:6;


(3) - Davi testemunhou ter chorado e jejuado pelo povo de Deus - Sl 69:10;


(4) - Isaías chorou pela necessidade de seu povo - Is 16:9;


(5) - Deus disse ao rei Josias - II Rs 22:19;


(6) - Quando Esdras chorou pelo povo, todos choraram e oraram - Ed 10:1;


(7) - Neemias sentou-se e chorou por Jerusalém e quando soube da situação de seus irmãos - Ne 1:4;


(8) - Jeremias ficou conhecido como o profeta pranteador por causa do grande peso de oração que sentia carregar pelo seu povo - Jr 8:21; 9:1; 13:17; 14:17; Lm 2:11; 3:48-51;


(9) - Paulo, o apóstolo-missionário, era também conhecido pelo seu ministério de lágrimas - At 20:18-19, 31; II Cor 2:4;


(10) - O profeta Eliseu, o homem de Deus que chorou – II Rs 8:7-11.


“Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: ... Chorem os sacerdotes, ministros do SENHOR, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa o teu povo, ó SENHOR, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?” – Jl 2:12, 17.


Este tem sido o chamado de Deus a todos nós, principalmente os líderes cristãos, para orarmos com lágrimas pelo Seu povo. Por que?!


(A) - Nossa época é semelhante à enfrentada por Isaías – Is 22:12 - Assim como o homem de Deus, os profetas de hoje devem conclamar o povo santo do Senhor ao arrependimento, à humilhação, às lágrimas, à oração e ao jejum, e não à superficialidade; e


(B) - O nosso Deus vê e registra nossas lágrimas – Sl 56:8.



V - CONSIDERAÇÕES FINAIS:


Choremos, pois, aos pés do Senhor... Amém.


FONTES DE CONSULTA:

1)       Harris, R. Laird, Archer, Gleason L. e Waltke, Bruce K.- Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento, Edições Vida Nova.
2)       Brinke, George - Mil Esboços Bíblicos de Gênesis a Apocalipse - Editora Evangélica Esperança.
3)       Duewel, Wesley L. - Toque o Mundo Através da Oração - Editora e Distribuidora Candeia.
4)       A Bíblia Vida Nova - Edições Vida Nova
5)       A Bíblia de Estudo Pentecostal – CPAD
6)       Pfeiffer, Charles F. e Harrison, Everett F. – Comentário Bíblico Moody – Imprensa Batista Regular