Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







30 de out de 2012

4º TRIMESTRE DE 2012 - LIÇÃO Nº 05 - 04/11/2012 - "OBADIAS - O PRINCÍPIO DA RETRIBUIÇÃO"

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 05 - DATA: 04/11/2012
TÍTULO: “OBADIAS – O PRINCÍPIO DA RETRIBUIÇÃO”
TEXTO ÁUREO – Ob 1.15
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Ob 1.1-4, 15-18
PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
e-mail:
geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/


 
I – INTRODUÇÃO:




O livro que contém as profecias de Obadias (quarto dos profetas menores), consiste em um único capítulo, e é o menor da Bíblia. Sua profecia se apresenta em duas partes: o castigo de Edom, anunciado em pequenos oráculos dispersos pelo livro; e o dia de Jeová, em que Israel se vingará de Edom. O plano histórico em que desenvolvem essas profecias é o da invasão do sul da Judéia pelos edomitas, após a ruína de Jerusalém. Constitui na verdade um clamor de vingança, de espírito nacionalista, embora exalte a justiça e o poder de Jeová, a quem pertencerá finalmente o reino.
 
II – PEQUENO ESBOÇO DO LIVRO DE OBADIAS:
 
Capítulo 1:
 
Devido as ofensas contra Jacó, a destruição cai sobre Edom – Ob 1.1-16.

A restauração dos judeus e o seu estado florescente nos últimos tempos – Ob 1.7-21,
 

III - POR QUE LER ESSE LIVRO?:
 
Alguém já tentou aproveitar-se de você e conseguiu sair-se bem? Talvez um amigo ou até mesmo um parente se voltou contra você, quando precisava dele? Obadias diz que Deus cuidará de injustiças assim.

 
IV - QUEM ESCREVEU O LIVRO?:
 
Obadias, que significa “Servo do Senhor”. Este profeta não é mencionado em nenhum outro lugar nas Escrituras.

 
V - QUANDO FOI ESCRITO?:

Talvez entre 840 e 732 a.C.; mais provavelmente, porém, entre 605 e 587 a.C.
 

VI - O QUE ACONTECIA NA ÉPOCA?:

O povo de Deus tinha uma rixa de longa data com Edom, nação vizinha composta de parentes distantes dos israelitas. Quando Judá foi invadido e conquistado pela Babilônia, Edom não somente torcia para que aquilo acontecesse e olhava com maldosa satisfação, mas também saqueou Judá depois da invasão. Os edomitas até mesmo prenderam os fugitivos do Judá e os entregaram aos inimigos.

Obadias fala dos pecados e castigos de Edom, povo vizinho que colaborou com Nabucodonosor na devastação empreendida contra Jerusalém.

Os edomitas são descendentes de Esaú que perdeu a herança da primogenitura e a bênção do velho pai, Isaque.

Será que a inimizade está presente entre os cristãos, familiares, líderes e países?
 

VII – POR QUE FOI ESCRITO?:
 
Para condenar a traição e a arrogância dos edomitas e declarar que Deus acabaria por castigá-los pelos crimes cometidos contra o Seu povo.

 
VIII – O QUE SE DEVE BUSCAR EM OBADIAS:
 
Observemos a lealdade de Deus para com o Seu povo, evidenciada pelo juízo que decreta contra os que O desafiam, opondo-se ao Seu povo.

 
IX – DIVERSAS INFORMAÇÕES BÍBLICAS SOBRE OS EDOMITAS:
 
Descendentes de Esaú – Gn 36.9

Filhos de Esaú, habitavam no Monte Seir – Gn 32.3; Dt 2.4-5

Irmãos de Israel – Nm 20.14

Governados por príncipes – Gn 36.15-30, 40-43; Ex 15.15

Depois tiveram reis – Gn 36.31-39; Nm 20.14

Estiveram sob um governador, nos dias da sujeição a Judá – I Rs 22.48
 
Eram inimigos implacáveis de Israel – Ez 35.5

Israel foi proibido de odiá-los – Dt 23.7

Israel foi proibido de despojá-los – Dt 2.4, 6; II Cr 20.10

Podiam ser recebidos na congregação judaica na terceira geração – Dt 23.8

Recusaram-se deixar passar Israel – Nm 20.21; Jz 11.17

Saul fez guerra contra eles – I Sm 14.47

Davi subjugou-os – II Sm 8.14; I Cr 18.11, 13

Joabe e Abisai promoveram uma matança de edomitas – I Rs 11.16; I Cr 18.12

Refugiaram-se no Egito - l Rs 11:17-19

Voltaram após a morte de Davi – l Rs 11.21-22

Foram rebeldes contra Salomão- l Rs 11.14.

Confederaram-se com os inimigos de Israel, contra Josafá – 2 Cr 20:10; Sl 83:4-6

Foram derrotados miraculosamente - 2 Cr 20:22

Revoltaram-se contra Jorão, rei de Judá – II Rs 8:20-22; 2 Cr 21:8-10

Reconquistados por Amasias – 2 Rs 14:7-10; II Cr 25:11-12

Os judeus caem na armadilha de seus ídolos e são punidos – 2 Cr 25:14-15, 20

Rebelaram-se contra Acaz – 2 Cr 28:17

Auxiliaram a Babilônia contra Judá – Sl 137:7; Ob 11

 
Os edomitas eram:...

Sábios – Jr 49.7

Orgulhosos e autoconfiantes – Jr 49.16; Ob 3

Fortes e cruéis – Jr 49.19

Vingativos – Ez 25.12

Idólatras – II Cr 25.14, 20

Supersticiosos  - Jr 27.3; Ob 9

Desenvolviam intenso comércio – Ez 27.20

 
A terra em que habitavam:...
 
Foi-lhes dada especialmente – Dt 2.5

Era fértil e rica – Gn 27.39

Era montanhosa e rochosa – Jr 49.16; Ml 1.3

Atravessada por estradas – Nm 20.17

Bem fortificada – Sl 60.9

Chamada de Monte Seir – Ez 35.2

Chamada de Monte de Esaú – Ob 21

Chamada de Dumá – Is 21.11

Chamada de Iduméia – Mc 3.8

Chamada de Edom – Is 63.1
 

As cidades em que habitavam chamavam-se:...

Dinabá ou Dedã – Gn 36.32; Jr 49.8

Avite – Gn 36.35

Paú – Gn 36.39

Bozra – Jr 49.22; Am 1.12

Temã – Jr 49.7; Ez 25.13

Eziom-Geber, um porto de mar – I Rs 9.26

 
Predições concernentes aos edomitas:...

Sujeição a Israel – Gn 25:23; 27:29.37

Revolta contra Israel – Gn 27:40

Ocupação de seu território por Israel – Nm 24:18; Ob 17-19

Participariam no castigo contra as nações – Jr 9:26; 25:15-27; Ez 32:29

Seu castigo por perseguirem a Israel - Is 34:5-8; 63:1-4; Lm 4:21; Ez 25:13-14; Am 1:11-12; Ob 10, 15

Matança exterminadora dos edomitas – Ob 18

Total desolação de sua terra – Is 34:9-17; Ez 35:7-15

Rei da Babilônia, instrumento de seu castigo – Jr 27:3-6

Israel, instrumento de seu castigo – Ez 25:14; Ob 18

Sua ruína seria um espanto – Jr 49:17, 21

Sua futura sujeição aos judeus- Is 11:14; Am 9:12

 
Pessoas notáveis dentre eles:...

Doegue (l Sm 22.18);

Hadade (l Rs 11:14.19);

Elifaz (Jó 2:11)



 
 
X - O QUE NOS MOSTRA O LIVRO DE OBADIAS:


 (l) - A INIMIZADE GERA CONFLITOS: - Quando a inimizade surge, não existe mais diálogo, respeito, amor. O que existe é o desrespeito, o ódio e o início de uma guerra (Gn 4:9 cf Nm 20:14-21; I Rs 11:14-17). Todo esse problema foi gerado pela existência de uma inimizade antiga. Cabe à Igreja, cada vez mais, promover a amizade entre as pessoas, sobretudo entre os irmãos.


(2) - A VIOLÊNCIA AGRAVA OS CONFLITOS: - A violência surgiu quando os edomitas resolveram apoiar a invasão de Jerusalém por Nabucodonosor (Ob 1.10-14). Assim, os conflitos se agravam quando surge a prática da violência.

Não só Obadias, mas também Jeremias foi chamado a profetizar contra o grave erro de Edom (Ob 1.23; Jr 49:7-16). Sem dúvida nenhuma, a violência foi o grave pecado de Edom e é também hoje um dos graves problemas do nosso século: violência dentro da família (pai espanca filho e esposa; filhos assassinam os pais), violência dentro da sociedade (uns sequestram; outros, assaltam), violência entre países (o maior invade o menor; o mais rico violenta o mais pobre), violência até mesmo contra a natureza (matas e animais são destruídos a cada instante). Cabe à Igreja imitar Obadias: Mesmo que não seja acatada, a mensagem de condenação desse modelo violento que está caracterizando os nossos dias, deve ser proclamada corajosamente. A Igreja precisa tomar uma postura e afirmar, sem medo de errar: A violência será severamente castigada, pois toda a lei foi resumida no princípio da não violência, ou seja, na prática concreta do amor.


(3) - A CHEGADA DO REINO SOLUCIONA OS CONFLITOS: - (Ob 1.21, parte final) – A chegada do reino é a solução para todos os conflitos. Por isso, onde existir as forças do anti-reino (inimizade, violência, ódio), o Reino é convocado a penetrar como o fermento na massa, influenciando um ambiente violento com a não-violência. (Mt 5:5, 9, 39-48; Jo 11:52 cf Ob 17).
 

XI - CONSIDERAÇÕES FINAIS:

No nosso mundo, com a capacidade de autodestruição multiplicada por vinte, não há maior consolação para o crente em Cristo do que esta: A certeza inabalável de que o nosso Deus reina soberanamente sobre todas as nações e todos os povos, e que, aconteça o que acontecer, Jesus Cristo, o Senhor, há de restaurar todas as coisas, para a glória do Pai.
 
 
 
FONTES DE CONSULTA:

Revista Educação Cristã – Volume III – SOCEP – Sociedade Cristã Evangélica de Publicações Ltda

Bíblia de Estudo Vida
 
A Bíblia de Estudo Pentecostal – CPAD
 
A Mensagem dos Profetas Menores – ABU – Dionísio Pape
 
Bíblia de Estudo Vida Nova