Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







13 de jun de 2011

2º TRIMESTRE DE 2011 - LIÇÃO Nº 12 - 19/06/2011 - "CONSERVANDO A PUREZA DA DOUTRINA PENTECOSTAL"

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL DA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 12 - DATA: 19/06/2011
TÍTULO: “CONSERVANDO A PUREZA DA DOUTRINA PENTECOSTAL”
TEXTO ÁUREO – I Tm 4:16
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: II Tm 4:1-4; II Pe 2:1-3
PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
e-mail: geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com


I - INTRODUÇÃO:

Fp 1:15-16; I Pe 3:15 - Faz parte do trabalho cristão o combate às falsas doutrinas que, frequentemente, surgem no meio do povo de Deus. Combatê-las é proteger o rebanho do Senhor.


II - AS PALAVRAS “SEITA”; “HERESIAS”; “ORTODOXIA”, “DOUTRINA” e “APOLOGIA”:

SEITA - Um movimento que segue um líder humano e que deturpa ou despreza a palavra de Deus; um ensino falso, uma afirmação que se desvia das doutrinas cristãs (I Jo 5:8).


HERESIAS – Falso ensino; uma exposição doutrinária que não condiz com a verdade bíblica; uma abordagem distorcida e pervertida do cristianismo bíblico.


ORTODOXIA – Conjunto de doutrinas oriundas da Bíblia e tidas como verdadeiras, de conformidade com os cânones e Concílios da Igreja; são crença e ensino corretos.


DOUTRINA - Conjunto coerente de ideias fundamentais a serem transmitidas, ensinadas. É um ensino, uma instrução que alguém que sabe (o sábio ou “doutor”) transmite a alguém que não sabe (o aprendiz) – Dt 32:2


APOLOGIA – Estudos que visam à defesa da fé e da verdade cristã, confrontando esta última com outras “verdades” e declarando, de modo explícito, o que é o Evangelho, para que as falsas interpretações sejam removidas.


III - AVISOS ACERCA DE FALSOS MESTRES:

Leiamos Tt 1:10-11, 13, 16 e observemos:



1) TRÊS CARACTERÍSTICAS DOS FALSOS MESTRES – Tt 1:10:

(A) - Insubordinados contra a autoridade; 


(B) - Faladores frívolos, cabeças vazias com discursos vãos; e 


(C) - Enganadores, vigaristas em matéria de religião


2) AS BOCAS DOS FALSOS MESTRES DEVEM SER TAPADAS – Tt 1:11 - Tapar a boca significa NÃO TER MEDO DE RESISTIR, DE DEFENDER O REBANHO, MESMO QUE TENHA DE ENFRENTAR ALGUÉM - Mt 23; At 4:9-10, 20; 7:51-53; 13:9-11.


2.1) É o mesmo que AMORDAÇAR como se faz com um cão (Is 56:11).


2.2) O ensino falso desses homens foi e sempre é prejudicial porque visam tão-somente a lucros e vantagens materiais (Mt 23:14; II Tm 3:6-8 cf I Tm 6:9-10; Ex 23:8; Dt 16:19).


3) OS FALSOS MESTRES DEVEM SER REPREENDIDOS – Tt 1:13 - Esta recomendação é dada a Tito, destinando-a aos crentes de Creta. O desejo de Paulo era edificar a Igreja na verdade (II Cor 13:10).


4) OS FALSOS MESTRES SÃO REPROVADOS PARA TODA BOA OBRA – Tt 1:16 - Esta é a atitude dos falsos obreiros, para os quais Paulo chama a atenção. Leiamos com cuidado Rm 1:21-25; II Pe 2:17-22; Jd 16, 19


IV – A FARINHA QUE TIROU A MORTE DA PANELA:

Meditemos em II Rs 4:38-41 e analisemos:


COLOQUÍNTIDA ou COLOCÍNTIDA – Pepino silvestre com propriedades purgativas. Assemelha-se ao pepino no cheiro e na aparência. No entanto, é um veneno irritante, com gosto amargo, que produz cólica e violento desarranjo intestinal. 



Logo, as melhores intenções podem ter consequencias drásticas, pois um pouco de veneno pode estragar toda a comida! Porém, o gosto amargo advertiu os filhos dos profetas!


DEUS ENCARREGOU O MINISTÉRIO DE EXPOR SUA PALAVRA – Jo 21:15-17 cf At 20:28 cf I Tm 3:1-2 – A Bíblia mostra que uma das qualidades que se deve exigir de quem é separado para o ministério é APTIDÃO PARA ENSINAR. 



Os Professores da Escola Dominical e Dirigentes do Círculo de Oração também SÃO COOPERADORES NO ENSINO. Todos devem PRESERVAR A SÃ DOUTRINA para que o ensino seja sempre aquele que já está sendo corretamente ensinado (I Cor 4:17 cf II Tm 2:1-2; 3:10, 14). 



Jesus Cristo, já glorificado, fez o anjo da Igreja em Pérgamo compreender que ele era responsável pela doutrina pregada na Igreja (Apc 2:14-15).


V – DEUS TEM ZELO EM PROTEGER A SUA IGREJA DE DOUTRINAS ERRADAS:

Muitos podem ser enganados pela aparência. Assim como aquele moço apanhando ervas que não conhecia trouxe veneno para a alimentação, assim também alguém pode trazer um ensino desconhecido e causar contaminação espiritual. 



Vejamos alguns dos tipos de ensino que contém veneno, embora algumas vezes pareçam certos e úteis:


1) Questões e contendas de palavras que se constituem numa parra brava (I Tm 6:4).


2) A falsamente chamada ciência (I Tm 6:20-21).


Quando aquele que ensina estiver contaminado, o seu ensino também se tornará intoxicante (II Tm 2:16-18; II Tm 4:14-15).


VI – A BÍBLIA REVELA POR QUE ALGUNS ENSINAM DOUTRINAS ERRADAS:

1) Alguns o fazem por inexperiência, assim como o moço que Eliseu mandou para o campo apanhar ervas (II Rs 4:39).


2) O orgulho, às vezes, é a causa de ensinos errados. Alguns ensinadores são soberbos e nada sabem. Julgam-se importantes e querem ser “doutores” da lei (I Tm 1:7; 6:4).


3) Os que vivem em impureza no seu coração e com a sua consciencia cauterizada, são corruptos de entendimento e não têm visão espiritual – Assim, tornam-se portadores de doutrinas erradas e contaminadas (I Tm 4:2; II Tm 3:6-8).


VII – PASSOS PARA TESTAR FALSOS MESTRES OU FALSOS PROFETAS:

Quatorze vezes nos Evangelhos, Jesus advertiu os discípulos a se precaverem dos líderes enganadores (Mt 7:15; 16:6, 11; 24:4, 24; Mc 4:24; 8:15; 12:38-40; 13:5; Lc 12:1; 17:23; 20:46; 21:8). 



Noutros lugares, o crente é exortado a por à prova mestres, pregadores e dirigentes da Igreja (I Ts 5:21; I Jo 4:1). 



Vejamos os passos a seguir:


1) DEVEMOS DISCERNIR O CARÁTER DA PESSOA:


1.1) Manifesta o fruto do espírito? (Gl 5:22-23); 


1.2) Ama os pecadores? (Jo 3:16); 


1.3) Detesta o mal e ama a justiça? (Hb 1:9); 


1.4) Fala contra o pecado? (Mt 23; Lc 3:18-20).


2) DEVEMOS DISCERNIR OS MOTIVOS DA PESSOA:


2.1) Deve honrar a Cristo (II Cor 8:23; Fp 1:20); 


2.2) Deve conduzir a Igreja à santificação (At 26:18; I Cor 6:18; II Cor 6:16-18); 


2.3) Deve procurar a salvação dos perdidos (I Cor 9:19-22); 


2.4) Deve proclamar e defender o Evangelho de Cristo e dos Seus apóstolos (Fp 1:16; Jd 3).


3) DEVEMOS OBSERVAR OS FRUTOS DA VIDA E DA MENSAGEM DA PESSOA:


3.1) Os frutos dos falsos pregadores comumente consistem em seguidores que não obedecem à Palavra de Deus (Mt 7:16).


4) DEVEMOS DISCERNIR ATÉ QUE PONTO A PESSOA SE BASEIA NAS ESCRITURAS - Este é um ponto fundamental. 


4.1) Ela crê e ensina que os escritos originais do AT e NT são plenamente inspirados por Deus? 


4.2) Podemos observar todos os seus ensinos? Caso contrário, podemos estar certos de que tal pessoa e sua mensagem não provêm de Deus (II Jo 9-11).


5) DEVEMOS VERIFICAR A INTEGRIDADE DA PESSOA QUANTO AO DINHEIRO DO SENHOR:


5.1) Ela recusa grandes somas para si mesma? 


5.2) Administra todos os assuntos financeiros com integridade e responsabilidade? 


5.3) Procura realizar a obra do Senhor conforme os padrões do NT para obreiros cristãos? (I Tm 3:3; 6:9-10).


VIII - O QUE FAZER QUANDO ALGUÉM FOR INTOXICADO POR DOUTRINAS CONTAMINADAS?

1) AVISE AO HOMEM DE DEUS - I Rs 4:40 – Qualquer coisa de estranho que acontecer no campo da Igreja deve ser imediatamente comunicado ao pastor da Igreja: 


- "HOMEM DE DEUS, HÁ MORTE NA PANELA!".


2) LANCE “FARINHA” NA COMIDA INTOXICADA - Onde houver morte na panela, lance as “SESSENTA E SEIS SACAS COM FARINHA” QUE SÃO OS SESSENTA E SEIS LIVROS DA SANTA BÍBLIA!



Mas, lembremos: Para se chegar à melhor farinha, é preciso esmagamento do trigo. A farinha é o grão de trigo triturado e moído, significando a PALAVRA DE DEUS BEM MOÍDA, ISTO É, BEM EXPLICADA. Só assim a saúde espiritual continuará reinando no meio do povo de Deus - Ne 8:8 cf I Tm 1:1-7; II Tm 4:1-4.

 - "ENTÃO, NÃO HAVIA MAL NENHUM NA PANELA".


IX – CONSIDERAÇÕES FINAIS:


Os falsos mestres...


1) Não devem ser tolerados - II Jo 10


2) Devem ser evitados - Rm 16:17-18


3) Trazem vergonha sobre a religião cristã e atraem a muitos - II Pe 2:1-2


4) Falam coisas perversas - At 20:30


5) Enganam a muitos - Mt 24:5


6) Serão numerosos nos últimos dias - I Tm 4:1


7) Pervertem o Evangelho de Cristo - Gl 1:6-7


8) São cruéis - At 20:29


9) São enganadores - II Cor 11:13


10) São avarentos - Tt 1:11; II Pe 2:3


11) São ímpios - Jd 4, 8


12) São orgulhosos e ignorantes - I Tm 6:3-4


13) Devemos testá-los pelas Escrituras - Is 8:20; I Jo 4:1


14) Maldição contra os que ensinam as falsas doutrinas - Gl 1:8-9


15) Punição daqueles que ensinam as falsas doutrinas - Mq 3:6-7; II Pe 2:1-3


16) Serão finalmente expostos - II 
Tm 3:9




Apesar de tudo que o crente fiel venha a fazer para avaliar a vida e o trabalho do falso mestre, não deixará de havê-los nas Igrejas, os quais, com a ajuda de Satanás, ocultam-se, até que Deus os desmascare e revele aquilo que realmente são.


FONTES DE CONSULTA:

1 - Lições Bíblicas – CPAD – 3º Trimestre de 1981 – Comentarista: Eurico Bergstén

2 - A Bíblia de Estudo Pentecostal – CPAD.

3 - Bíblia Vida Nova

4 - Cohen, Armando Chaves - Introdução e Comentário à Carta de Tito - CPAD