Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







22 de jun de 2010

LIÇÃO Nº 13 - 27/06/2010 - "ESPERANÇA NA LAMENTAÇÃO"

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL DA
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 13 - DATA:27/06/2010
TÍTULO: “ESPERANÇA NA LAMENTAÇÃO”
TEXTO ÁUREO – Lm 3:22
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Lm 1:1-5, 12
PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
e-mail: geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/


I – INTRODUÇÃO:

• O Livro de Lamentações tem um tema principal: O sofrimento que sobreveio a Jerusalém quando Nabucodonosor capturou a cidade, em 586, a.C..

• É um Livro belo que fala a respeito da dor da injustiça e da perda humana. Está repleto de emoções avassaladoras: ira, desespero, medo, solidão, perda total da esperança. Numa série de lamentos, o autor expressa sua inconsolável tristeza por causa da agonia e da angústia da cidade de Jerusalém. Visto que este Livro trata do sofrimento como julgamento contra o pecado, o crente afligido pode encontrar na linguagem do Livro a sua própria confissão, auto-humilhação e invocação. Logo, se você sofreu uma grande perda, Lamentações foi escrito exatamente para você.


II – AS AMARGAS LEMBRANÇAS DE UM VERDADEIRO PROFETA DE DEUS:

• Quando Jeremias viu a destruição de Jerusalém, sua mente foi invadida por várias lembranças amargas, dando origem ao Livro em questão. Vejamos algumas delas:

• (1) – EU SOU UM HOMEM QUE VIU A AFLIÇÃO – Lm 3:1;

• (2) – FUI FEITO OBJETO DE ESCÁRNIO – Lm 3:14;

• (3) – ESTOU FARTO DE AMARGURAS – Lm 3:15; e

• (4) – ESTOU SEM PAZ E SEM LEMBRANÇA DO BEM – Lm 3:17.


• Daí então, podemos observar as conseqüências das lembranças amargas na vida de Jeremias:

• (1) - ENVELHECEU – Lm 3:4;

• (2) – FICOU CERCADO DE DOR – Lm 3:5;

• (3) – SENTIU-SE NAS TREVAS – Lm 3:6;

• (4) – VIU-SE ISOLADO E CATIVO – Lm 3:7;

• (5) – TEVE SEU CORAÇÃO FERIDO – Lm 3:13; e

• (6) – VIU SUA ESPERANÇA EM DEUS DESAPARECER – Lm 3:18.

• Jeremias esteve assim. Mas ele chegou à conclusão de que precisava, desesperadamente, livrar-se das lembranças amargas que o perseguiam. Para isto acontecer, precisava substituí-las por aquilo que lhe trazia esperança – Lm 3:20-21.


III – SEIS REALIDADES ENCONTRADAS POR JEREMIAS QUE TRAZEM ESPERANÇA PARA A VIDA:

• (1) - AS MISERICÓRDIAS DE DEUS – Lm 3:22 – Em meio à tristeza, à dor, às lembranças amargas, somente as misericórdias do Senhor podem renovar todas as coisas. Pelas misericórdias de Deus somos perdoados, temos nova chance de recomeçar e aprender com os erros do passado – II Sm 24:14; II Cor 1:3

• (2) – A FIDELIDADE DE DEUS – Lm 3:23 – As misericórdias do Senhor são sustentadas pela Sua fidelidade e por Seu caráter. Deus não muda e isto é uma fonte infindável de esperança. Por mais que a situação esteja caótica, seja na família, no trabalho, na vida pessoal, podemos ter esperança, porque Deus é fiel! Ele não pode negar-se a si mesmo! – I Sm 15:29; Sl 119:89-91

• (3) – A INTERVENÇÃO DE DEUS – Lm 3:24 - Jeremias descobriu que, por mais que os anos estivessem passando e ele não estivesse vendo livramento, valia a pena esperar no Senhor - Sl 27:14; Is 64:4.

• (4) – A BONDADE DE DEUS – Lm 3:25 - Essa bondade nos faz ver que Deus, embora aos nossos olhos pareça tardio, jamais falha. Por mais que a situação estivesse difícil, Jeremias descobriu que valia a pena esperar no Senhor, porque Ele é bom! Quem espera no Senhor, não vai encontrar outra coisa senão bondade. Ele é bom para a alma que o busca – Sl 23:6; 52:1; Rm 11:22;

• (5) – A COMPAIXÃO DE DEUS – Lm 3:32 – Deus não deixa ninguém triste para sempre. O interesse dEle não é de ver-nos cabisbaixos, arrasados, encurvados, flexionados ante a vida, mas Ele vai se compadecendo de ver a situação que hoje nos enverga, nos humilha e que rompe os nossos horizontes – Lm 3:33-36; Is 63:9;

• (6) - O CONTROLE DE DEUS – Lm 3:37 – Deus está sobre tudo e todos: fios de cabelos não caem; as folhas não se deixam varrer pelo vento; pedras não rolam das montanhas; ovos aos milhares não sucumbem no interior dos mares; algas não se desprendem das pedras; moluscos não se abrem. Ou seja, não acontece absolutamente nada neste mundo sem que esteja debaixo do controle soberano de Deus.


IV - CINCO LEMBRANÇAS QUE PROMOVEM ESPERANÇA E ALENTO:

• Primeira Lembrança: O PERDÃO DE DEUS NÃO TEM FIM - O perdão de Deus está intimamente ligado com Sua misericórdia: Se esta não tem fim, também é infindável o Seu perdão! Durante toda nossa vida nesta terra, podemos contar com o perdão de Deus. Isto traz alento para a alma e esperança e ânimo para o coração sem paz. Se porventura ouvirmos um “EU NÃO TE PERDÔO”, ou, quem sabe, acharmos que fizemos algo tão ruim que não merecemos o perdão do Senhor, tragamos à lembrança esta verdade: O PERDÃO DE DEUS NÃO TEM FIM! – Is 43:25-26.

• Segunda Lembrança: DEUS NÃO DESISTE DE NÓS – Is 49:15 - A rejeição causa-nos uma sensação de abandono, solidão e desvalorização. É duro convivermos com o sentimento de que podemos ser abandonados ou esquecidos. No entanto, nunca, jamais, Deus desistirá de nós. Não importam quais sejam as circunstâncias que cercam nossa vida. Pela fé, podemos ver Deus nos olhando e afirmando: NÃO DESISTO DE VÓS! Se pensarmos nisso, constataremos que esta lembrança nos trará coragem e esperança para a vida!

• Terceira Lembrança: O DIABO É LIMITADO – I Jo 4:4 - Nos dias atuais, temos visto uma ênfase exagerada sobre o poder do diabo. Em muitas Igrejas, o conteúdo de seus cultos fala mais do diabo do que de Deus! São movimentos e novas doutrinas, sempre destacando o que o diabo está fazendo. Não podemos nos esquecer de que o diabo é limitado. O texto acima diz que temos UM QUE É MAIOR! Satanás é limitado pelo poder de Deus!

• Jó é um exemplo disto: O diabo não pode agir em sua vida sem a permissão de Deus (Jó 1:12; 2:6). Mesmo quando agiu, Deus usou tudo aquilo para beneficiar o Seu servo (Jó 42:2-5). Logo, o nosso inimigo não é todo-poderoso. O Todo-Poderoso é nosso Deus! Pertencemos a Ele! O Maior está do nosso lado! Estamos numa luta cujo final certamente é a vitória!

• Tenhamos consciência de que nosso opositor é limitado. Tenhamos ânimo e perseveremos. Permitamos que o Deus Todo-Poderoso nos dê forças para prosseguir. NÃO NOS CONCENTREMOS NO TAMANHO DO NOSSO ADVERSÁRIO; CONCENTREMO-NOS NA GANDEZA DO NOSSO DEUS! Ele é Terrível e Glorioso!

• Quarta Lembrança: AS PROMESSAS DE DEUS NÃO FALHAM – Is 41:10-13 comparar com Rm 4:21; Jr 1:2 - Foi o Senhor quem prometeu isto para nós e Ele cumpre o que promete! Ele é um Deus de palavra! Mesmo que os anos se passem, o que Ele falou, acontecerá! Em nome de Jesus, deixemos esta lembrança nos trazer a esperança e o alento!

• Quinta Lembrança: DEUS NUNCA PERDE O CONTROLE DE NADA – Jó 42:2 - Quantas vezes já perdemos o controle das coisas? Mas o coração sofredor se alegra e recebe alento, no fato de que Deus nunca perde o controle das coisas. Nada escapa de Suas mãos! Nem as folhas das árvores se movem se não for pelo Seu poder! Esperemos um pouco mais, não desistamos! Nenhum dos planos de Deus pode ser impedido ou frustrado! Ele tudo pode!

• Tenhamos ânimo, esperança e alento com estas lembranças!


V - CONSIDERAÇÕES FINAIS:

• Depois de lamentar e chorar pela dificuldade em que seu povo vivia e se encontrava, Jeremias trouxe à memória o que podia dar esperança: A MISERICÓRDIA DE DEUS! Isso porque...

• (1) - Ela é grande – Nm 14:18; Is 54:7;

• (2) – Ela é maravilhosa – Sl 17:7; 31:21;

• (3) – Ela é abundante – Sl 86:5-15; 103:8;

• (4) – Ela é eterna – I Cr 16:34; Sl 89:28;

• (5) – Ela se manifesta aos que temem a Deus – Ex 20:6; Sl 103:17;

• (6) – Ela se manifesta aos que se arrependem – Pv 28:13; Is 55:7;

• (7) – Ela se manifesta aos que buscam a Deus – Sl 25:6; 51:1; 119:149;

• (8) – Ela se manifesta ao povo de Deus – Dt 32:43;

• (9) – Ela nos guarda – Sl 40:11;

• (10) – Ela nos vivifica – Sl 119:88;

• (11) – Ela nos sustenta – Jr 31:3;

• (12) – Ela nos consola – Sl 119:76;

• (13) – Ela é melhor que a vida – Sl 63:3;

• (14) – Ela pertence a Deus – Sl 62:12;

• (15) - Ela é a causa de não sermos consumidos e não tem fim – Lm 3:22;

• Assim, as misericórdias do Senhor são as que fazem e sempre farão a diferença em todo transcurso da nossa vida aqui na terra.



FONTES DE CONSULTA:

1) A Bíblia de Estudo Vida


2) A Bíblia de Estudo Shedd


3) Estudo Bíblico: “A renovação vem de Deus” - Eldo Fernando Machado


4) Fábio, Caio – A Misericórdia de Deus e as Amputações Humanas – Editora Sepal


5) Gomes, Geziel – O Deus Vivo e Verdadeiro - CPAD


6) Estudo Bíblico: “Lembranças Alentadoras” – J. Jacó Vieira