Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







5 de jun de 2013

2º TRIMESTRE DE 2013 - LIÇÃO Nº 10 - 09/06/2013 - "A NECESSIDADE E A URGÊNCIA DO CULTO DOMÉSTICO"

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM

ENGENHOCA 

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

LIÇÃO 10 - DIA 09/06/2013

TÍTULO:  “A NECESSIDADE E A URGÊNCIA DO CULTO 

DOMÉSTICO”

TEXTO ÁUREO: Dt 11.19

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Dt 11.18-21; II Tm 3.14-17

e-mail: geluew@yahoo.com.br

PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO





I - INTRODUÇÃO:

O culto doméstico significa, literalmente, O CULTO DA FAMÍLIA. É, portanto, uma oportunidade da família, reunida de manter a comunhão constante com Deus, através da leitura da Sua Palavra, da oração e dos cânticos de louvor. Quando possível, o culto doméstico deve ser iniciado na noite de núpcias, porém, nunca será tarde demais para começá-lo.


II – TODA FAMÍLIA DEVE TOMAR PARTE NO CULTO DOMÉSTICO:

Leiamos Gn 12:5-8 cf 18:19; Rm 4:11, 16 - Podemos aprender muito com Abraão que, embora fosse praticamente o único servo de Deus em toda terra, resistiu ao mundanismo e alcançou o título de pai dos fiéis. 

A resposta para isto está nos altares que ele construía para, juntamente com toda sua casa, invocar o nome do Senhor.

Jó 1:4-5 – Jó soube ordenar seus filhos nos caminhos de Deus. Não lhe bastava evitar o próprio pecado; cuidava que seus filhos também não pecassem. Como sacerdote do lar, chamava-os para os santificarem; levantava-se antes do romper da aurora para oferecer holocaustos por eles.

Por falta do altar de adoração a Deus por meio do culto doméstico, muitas famílias estão empobrecidas na vida espiritual, e outras tantas têm fracassado totalmente.


III – O CULTO DOMÉSTICO É UMA ESCOLA DIÁRIA E PERMANENTE:

Dt 11.18-21 - Moisés expõe importantes regras para quem quiser prosperar e vencer na longa jornada da vida:

(1) - CORAÇÃO CHEIO DA PALAVRA DE DEUS (Dt 11:18a) – Este é também o meio bíblico recomendado ao crente para preservar-se do pecado (Sl 119:11).

(2) - OLHOS FIXOS NA PALAVRA DE DEUS (Dt 11:18b) – Este era o único meio de tê-la sempre presente, como guia no caminho da justiça. Só assim seria possível aos israelitas meditarem na Palavra de Deus.

(3) - A PALAVRA NA BOCA PARA SER PROCLAMADA (Dt 11:19) – A Palavra de Deus ensina que devemos aproveitar as nossas oportunidades (Cl 4:5).

(4) - A PALVRA DEVE ENCHER TODA A NOSSA CASA (Dt 11:21) – O lar cheio da Palavra de Deus, é vazio de desunião, desarmonia e de tudo aquilo que vem para desestabilizar a família.

(5) - TEMOS A PROMESSA DE DEUS AO CUMPRIRMOS A NOSSA PARTE (Dt 11:21) – Só a eternidade poderá revelar a importância dos lares onde pais zelosos se empenharam pelo despertamento da família e pela obediência desta à Palavra de Deus (Gn 35:1-7).


IV – OS BENEFÍCIOS DA REALIZAÇÃO DO CULTO DOMÉSTICO:

(1) - É FATOR DE HARMONIA – Torna o ambiente familiar mais agradável, contribuindo para estreitar a comunhão entre os membros familiares e evitar as desavenças e a desunião no lar (Sl 133; Rm 14:18-19).

(2) - É MEIO DIVINO DE FORTALECIMENTO ESPIRITUAL – Começar o dia com um encontro com Deus fortalece os membros da família, para enfrentar com otimismo e segurança os problemas e as tentações durante o dia (Hb 13:5-6).

(3) - PRODUZ CONSCIÊNCIA DA PRESENÇA DE DEUS NO LAR – É meio eficaz de recordar os oráculos de Deus e tornar viva a Sua presença como Amigo e Protetor ilimitado (Sl 73:16-17).

(4) - AVIVA A CONVICÇÃO DE QUE DEUS SE INTERESSA POR NÓS – Dá aos membros da família a convicção de que Deus é o Companheiro constante no lar, interessado em tudo o que fazemos e falamos (Rm 8:28).

(5) - REVELA AGRADECIMENTO A DEUS – É apropriado expressão de reconhecimento e gratidão a Deus pelas Suas misericórdias, através das provisões diárias (Sl 103:1-5).

(6) - TRAZ BENEFÍCIOS À MENTE – É um meio eficiente para suprir a meditação do dia e proporcionar as bem-aventuranças descritas no Salmo primeiro - Fp 4:8-9.


V - ALGUMAS SUGESTÕES PARA SEREM APLICADAS NO CULTO DOMÉSTICO:

(1ª) - O segredo do culto doméstico está justamente em sua direção. Deve ser dirigido por alguém que mantenha comunhão com Deus, que estude a Bíblia e cujo objetivo seja o de levar toda a família a fazer o mesmo.

(2ª) - Marque um tempo certo para a devoção doméstica e não faça exceções, a não ser que sejam absolutamente necessárias. Decida quanto ao horário, se de manhã ou à noite e forme o hábito, independentemente de quem esteja em sua casa (Dt 11:19).

(3ª) - Leia uma pequena passagem da Bíblia e faça o comentário. A passagem bíblica escolhida deve ser compreensível para todos os presentes, evitando-se a leitura daquelas de difícil interpretação.

(4ª) - Tanto o esposo quanto a esposa devem orar, acompanhados pelos filhos. Orem pelos missionários, pelos problemas que os membros da família possam ter, pela Igreja, pelo ministério, enfim, ore especificamente para poderem receber respostas específicas. 


VI – CONSIDERAÇÕES FINAIS:

No lar, os conceitos mais importantes da vida são ensinados e o caráter da criança é formado. Por isso a importância do culto doméstico. Através deste princípio bíblico, os pais podem transmitir aos filhos os preceitos divinos, a fim de que eles jamais os esqueçam. 

O culto doméstico é imprescindível à estabilidade espiritual da instituição familiar, porque é o momento em que todos se reúnem para louvarem ao Criador da família e aprender como servi-Lo. Fazendo isso, estaremos fortalecendo os laços familiares e estreitando a nossa comunhão com Deus e com nossos entes queridos. 


FONTES DE CONSULTA:

Toda a Família – CPAD – Orlando Boyer

Lições Bíblicas Maturidade Cristã - 3º Trimestre de 1987 – CPAD – Comentarista: Estevam Ângelo de Souza

Nenhum comentário: