Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







2 de jan de 2013

1º TRIMESTRE DE 2013 - LIÇÃO Nº 01 - 06/01/2013 - "A APOSTASIA NO REINO DE ISRAEL"

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 01 - DATA: 06/01/2013
TÍTULO: “A APOSTASIA NO REINO DE ISRAEL”
TEXTO ÁUREO – I Rs 16.31
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: I Rs 16.29-34
PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO

e-mail: geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/



I – INTRODUÇÃO:

I Tm 4.1 - O apóstata é especialista em trazer e plantar ervas daninhas na lavoura de Deus. Põe veneno na panela, tais como: ataca a soberania de Deus, Jd 4; nega a divindade de Cristo, At 4.12; mata a viva esperança do povo de Deus, negando a realidade da vinda de Cristo, 2 Pe 3.1-10.


II – OS SIGNIFICADOS DA PALAVRA “APOSTASIA”

(1) - Apartar; 
(2) - Decair; 
(3) - Desertar; 
(4) - Rebelar-se; 
(5) - Abandonar; 
(6) - Retirar-se ou afastar-se daquilo a que antes se estava ligado; 
(7) - Renunciar voluntariamente à fé; 
(8) - Negar a fé, renunciando a verdade tal como se recebeu no princípio;  
(9) - Abandonar premeditada e conscientemente a fé cristã.

O apóstata abandona a fé cristã e não abandona a cristandade, causando grande estrago na seara do Mestre.

Por exemplo: Jo 6:60-71 - Judas foi eleito apóstolo depois de uma noite inteira de oração. Ele foi escolhido dentre muitos outros. Mas Judas abriu asas na direção do diabo e se tornou sua presa e possessão. Renunciou à fé e seguiu o caminho da morte, por suicídio.


III - PASSOS QUE LEVAM À APOSTASIA:

(1) - O crente, por sua falta de fé, deixa de levar plenamente a sério as verdades, exortações, advertências, promessas e ensinos da Palavra de Deus (Mc 1:15; Lc 8:13; Jo 5:44, 47; 8:46)

(2) - Quando as realidades do mundo chegam a ser maiores do que as do reino celestial de Deus, o crente deixa paulatinamente de aproximar-se do Senhor através de Cristo (Hb 4:16; 7:19, 25; 11:6)

(3) - Por causa da aparência enganosa do pecado, a pessoa se torna cada vez mais tolerante à vida pecaminosa. Já não ama a retidão, nem odeia a iniquidade (I Cor 6:9-10; Ef 5:5; Hb 1:9; 3:13)

(4) - Por causa da dureza do seu coração e da sua rejeição dos caminhos de Deus, não faz caso da repetida voz e repreensão do Espírito Santo. Assim, o Espírito do Senhor se entristece, Seu fogo se extingue e Seu templo é profanado. (Hb 3:8, 10, 13; Ef 4:30 I Ts 5:19-22; Hb 3:7-11; I Cor 3:16)

(5) - Finalmente, o Espírito Santo se afasta daquele que antes era crente (Jz 16:20; Sl 51:11; Rm 8:13; I Cor 3:16-17; Hb 3:14)


IV - DANOS CAUSADOS PELOS APÓSTATAS:

(1) - Negam a inspiração divina da Palavra de Deus;

(2) - Introduzem doutrinas de demônios;

(3) - Induzem o rebanho a ser guiado por grandes líderes e não por sacerdotes;

(4) - Divinizam o homem e humanizam Deus;

(5) - Desqualificam o ministério da Igreja;

(6) - Cristo deixa de ser a Estrela da manhã no culto e as músicas, as coreografias, as apresentações, os pregadores são exaltados;

(7) - Transformam a Igreja em verdadeiros clubes sociais;

(10) - Transformam a Igreja em empresa e o rebanho em produtos;

(11) – Líderes transformam-se em empresários “gospel” e garotos propaganda.


V – “JUGO DESIGUAL”, O FRACASSO DE MUITOS CASAMENTOS:

O namoro é um jugo de comunhão que pode se transformar em casamento. Por isso, não entremos na ideia de que poderemos namorar um (a) incrédulo (a) só para passar o tempo e que, na hora em que resolvermos casar, procuraremos um (a) jovem crente. 

Não nos iludamos, também, pensando que vamos ganhá-lo (a) para Jesus. Será mais fácil o incrédulo arrastar o crente para o mundo, pois, ao começar o namoro com um jugo desigual, já se deu o primeiro passo naquela direção. Afinal...

O NAMORO NUNCA FOI MÉTODO UTILIZADO PARA SE EVANGELIZAR E DE SE ALCANÇAR ALMAS PARA CRISTO!

O JUGO DESIGUAL - II Cor 6:14; 7.1 - Esta questão que, antigamente, era levada muito a sério, principalmente, pelos pais crentes, hoje caiu de importância, sendo aceito, ou tolerado. 

Todavia, Deus continua não aceitando a mistura entre justos e ímpios; entre o mundo e a Igreja (Dt 7:2-4). Num Casamento Cristão o jugo desigual tem que ser evitado.

Os círculos de oração, com muita frequência, são procurados por pessoas que, embora conhecessem a verdade, casaram-se com incrédulos e, por isso, vivem amarguradas e cheias de problemas.

Ainda que depois de casados o salvo consiga se manter na Igreja sem que o outro se importe, haverá muitas divergências.

Dois não podem andar juntos, a menos que estejam de acordo! Por isso: CUIDADO COM O JUGO DESIGUAL!.

O JUGO DESIGUAL ENTRE CRENTES: - O jugo desigual pode existir, também, no Casamento entre os próprios Crentes. Isto porque, de acordo com A Palavra de Deus, existem os crentes salvos, as virgens prudentes, o trigo, os peixes bons, as árvores boas que produzem frutos bons.

Porém, existem também os crentes não salvos, as virgens loucas, o joio, os peixes ruins, as árvores ruins que produzem frutos ruins.

Assim, só Deus, que conhece os corações, poderá, em resposta à oração, livrar Seus filhos de um jugo desigual dentro da própria Igreja.


VI – CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Há um limite para a paciência de Deus (I Sm 3:11-14; Mt 12:31-32; II Ts 2:9-11; Hb 10:26-31; I Jo 5:16)

Se a apostasia continuar sem freio, o indivíduo chegará, finalmente, ao ponto em que não seja possível um recomeço, não havendo mais possibilidade de arrependimento e de salvação (Hb 6:4-6; Dt 29:18-21; I Sm 2:25; Pv 29:1)

Logo, a única salvaguarda contra o perigo da apostasia extrema está na admoestação do Espírito Santo (Hb 3:7-8, 15; 4:7)

FONTES DE CONSULTA:


1)       Através da Bíblia Livro Por Livro - Editora Vida - Myer Pearlman
2)       A Bíblia de Estudo Pentecostal – CPAD
3)       A Santidade do Sexo – Editora Fiel - Frank Lawes e Stephen Olford
4)       Sexo e Casamento – Editora fiel – M. Capper e M. Williams
5)       Responda-me, por favor – CPAD – Marta Doreto de Andrade e Claudionor Corrêa de Andrade

12 comentários:

PAULA disse...

PASTOR, QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO E QUE O ESPIRITO SANTO CONTINUE TE INSPIRANDO PARA AJUDAR A FAZER ESTE TRABALHO POIS É DE GRANDE VALIA, POIS SOU PROFª DA ESCOLA DOMINICAL NA MINHA IGREJA, E TEM ME AJUDADO MUITO E ATÉ MESMO A DAR ESTUDO PARA IGREJA.OBRIGADA

GERALDO CARNEIRO FILHO disse...

Prezada irmã Paula. A paz do Senhor.

Fico feliz e honrado, em nome de Jesus, em poder cooperar com uma serva de Deus, que ministra a Palavra do Senhor, através do ensinamento.

Que o nosso Deus permaneça sustentando a sua vida e Ele faça descer a unção, a graça e a sabedoria dos altos céus sobre sua vida.

Permaneçamos na paz do Senhor.

Pastor Geraldo Carneiro Filho

Anônimo disse...

No Amor de Cristo, a Doce Paz!
Uma humilde serva solicita, gentilmente ao Digníssimo, a real interpretação do termo: "abandona a fé e NÃO abandona a cristandade". Pode alguém desviar-se da fé [seguir outros deuses ou outros dogmas religiosos] e ainda assim permanecer em nosso meio? Não gostaria de pensar que o termo foi utilizado de forma generalizada. É visível a mudança que ocorre na vida desta pessoa! Conheço alguém que fazia parte do Corpo Ministerial da Igreja; decidiu sair e está no espiritismo e diz que agora sim está feliz e não quer sair de lá nunca mais! Foi um caso isolado ou simplesmente não é um exemplo de apostasia? Atenciosamente...

Xavier Campos Joaquim disse...

Textos tão esclarecedores como esses,são dificiceis encontrar.Mas glorifico ao Senhor pela sua vida.Sou muito grato à Deus pela sua vida. Que Deus continue usando sua vida meu amado pastor Geraldo Carneiro.
Em Cristo,
Xavier

Anônimo disse...

amei o texto... esta uma benção, só não gostei da expressão "SACERDOTE" quando se referindo a liderança da igreja, por que não tem base bíblica dizer que pastor é sacerdote, de fato ele um líder espiritual, chamado, capacitado e guiado pelo espirito santo como foram muitos sacerdotes nos tempos bíblicos, porem não é, porque não são descendentes de Levi e como também intermediários entre a igreja e DEUS,pois cristo é quem ocupa esse posto,alem disso a NT não menciona sacerdotes na liderança da igreja e sim outros termos. entre outros.

FABIO CINTRA, BAHIA - BRASIL

Anônimo disse...

exelente continui sempre assim

GERALDO CARNEIRO FILHO disse...

Prezada irmã que solicitou a "real interpretação...". A paz do Senhor.

Muito agradecido pela postagem de seu comentário, o que muito nos anima para continuarmos com este trabalho de divulgação da santa e poderosa Palavra do Senhor.

A expressão "abandona a fé e NÃO abandona a cristandade" é exatamente como que a prezada irmã em Cristo interpretou: "São os crentes que desviam-se da fé, e ainda assim permanecem em nosso meio".

Se a irmã puder e quiser, dê uma lida no Livro de Judas (em especial do verso 7 ao 12), que é dirigida aos "CHAMADOS, QUERIDOS e CONSERVADOS POR JESUS CRISTO" (Jd 1).

Este livro trata DA APOSTASIA DENTRO DA IGREJA E A DESCRIÇÃO DOS LÍDERES DESSA APOSTASIA.

Judas estava preocupado com o fato de os cristãos poderem afastar-se da verdade por causa dos mestres enganadores de falsas doutrinas, ou seja, aqueles que, embora tendo negado a fé, ficaram ainda como membros da Igreja (Jd 4).

O tom da carta de Judas é polêmico, pois ele repreende os falsos mestres que enganam crentes instáveis e corrompem a mesa do Senhor.

Que o nosso Deus continue nos abençoando grandemente. Amém.

Pastor Geraldo Carneiro Filho

GERALDO CARNEIRO FILHO disse...

Ao meu amigo e irmão em Cristo Xavier Campos Joaquim, mais uma vez os nossos agradecimentos pelas palavras de incentivo.

Aproveito aqui para indicar os leitores para terem acesso ao "blog" abaixo:

http://pregaioevangelho.blogspot.com.br/

Um grande e forte abço meu irmão em Cristo: Xavier Campos Joaquim.

Pastor Geraldo Carneiro Filho

GERALDO CARNEIRO FILHO disse...

Prezado irmão em Cristo Fabio Cintra. A paz do Senhor.

Muito obrigado pelo seu comentário aqui postado, desejando que o nosso Deus permaneça abençoando a vida do prezado irmão, em todos os seguimentos.

Quanto à expressão utilizada "SACERDOTE", é certo que o sacerdócio levítico e o sistema sacrificial, na qual ele operava encontrou seu cumprimento e perfeição em Cristo. Ele é o Grande Sumo Sacerdote, é o Mediador de uma nova aliança, realizou a redenção eterna, assegurou a Seu povo o acesso contínuo a Deus, etc.

Porém, todo o povo de Deus também é sacerdote no N.T. (I Pe 2.5, 9 comparar com Rm 12.1; Hb 13.15; Apc 1.6; 5.10 e 20.6).

Isto porque, permanece um sacerdócio que pertente àqueles que, pela fé, foram unidos com Cristo. Costuma-se chamá-lo "O SACERDÓCIO DE TODOS OS CRENTES".

É por isso que I Pe 2.5, 9 descreve os cristãos como "sacerdócio santo", cuja função é oferecer sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por intermédio de Jesus Cristo.

Esses sacrifícios espirituais não são, de forma alguma, sacrifícios de redenção, mas, sacrifícios de gratidão a Deus pelo sacrifício de Cristo, o único sacrifício redentor totalmetne suficiente, quando Ele se ofereceu no Calvário por todos nós, pecadores.

É por isso que somos exortados a apresentar os nossos corpos, isto é, sacrificarmos de boa vontade, expressando o nosso sacerdócio espiritual nos atos de louvor e gratidão, e no serviço altruísta ao nosso próximo, quando ministramos as suas necessidades (Hb 13.15-16; Rm 15.15-16).

O sacerdotes do AT ofereciam sacrifícios de animais para o perdão dos pecados. Isso não é mais exigido, pois Jesus foi o Cordeiro definitivo oferecido pelo pecado.

Porém, como sacerdotes na casa espiritual de Deus, o sacrifício que oferecemos a Deus é o de nós mesmos. Ao fazermos assim, ofertamos ao Senhor as nossas habilidades, a nossa gratidão, o nosso serviço, as nossas orações e o nosso louvor.

Um grande e forte abraço e permaneçamos na paz do Senhor.

Pastor Geraldo Carneiro Filho

pb Marcos disse...

E uma obra estraordinaria que Deus lhe conserve assim.

Anônimo disse...

Grata pela atenção que me foi dispensada com sua resposta à "real interpretação..."! Deus continue confirmando seu ministério cada vez mais. Lerei com total atenção o texto que o digníssimo indicou-me.
Sem mais, despeço-me na Paz e no Amor fraternal.

Anônimo disse...

Agradeço muito, pois sou militar e nem sempre tenho chance de frenquentar a escola biblica do meu ministerio, esta desviado mas com a graça de Deus estou de volta ao trilhos. Otimo blog!