Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







19 de out de 2011

4º TRIMESTRE DE 2011 - LIÇÃO 04 - 23/10/2011 - "COMO ENFRENTAR OPOSIÇÃO À OBRA DE DEUS"

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 04 - DATA: 23/10/2011
TÍTULO: “COMO ENFRENTAR OPOSIÇÃO À OBRA DE DEUS"
TEXTO ÁUREO – Ne 4:9
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Ne 4:1-9
PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
e-mail: geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/


I - INTRODUÇÃO:

Embora o diabo seja mestre nos disfarces e métodos, ele tem somente duas opções em seu ataque contra a igreja de Cristo: Ele pode vir...: 



(1) - ... Como um leão barulhento, abertamente hostil, procurando a quem possa devorar; ou 


(2) - ... Como um anjo de luz (coloca um rosto amigável, expressa sua preocupação conosco e com o nosso bem-estar, e até tenta nos ajudar com nossos problemas).  


Porém, onde Deus põe Suas santas mãos, o diabo será acuado e derrotado, em nome de Jesus. 




II - MÉTODOS UTILIZADOS PELO INIMIGO PARA IMPEDIR A OBRA DE DEUS:


Quando desejamos obedecer a Deus, executando a Sua obra, o inimigo utiliza as seguintes formas de oposição: 


1) O DESAGRADO - Ne 2:10 


2) OS RISOS - Ne 2:19


3)A IRA E O ESCÁRNIO (ZOMBARIA) - Ne 4:1-3 


4)A AGRESSÃO FÍSICA (CONFLITO) - Ne 4:8 


5) ESGOTAMENTO PELO CANSAÇO - Ne 4:10 


6) A DEPRESSÃO - Ne 5:1-5


7) OS BOATOS MALIGNOS - Ne 6:5-8 


8) OS FALSOS PROFETAS (SUTILEZA) E TERROR - Ne 6:1, 9-14 


9) A SUBVERSÃO EM LAÇOS FAMILIARES - Ne 6:17-19 


Desta forma, podemos ver que em todo empreendimento secular, principalmente dirigido para Deus, teremos os empecilhos, as intimidações e as dificuldades. Afinal, RESTAURAÇÃO É PIOR QUE CONSTRUÇÃO.  


No mais, a Palavra de Deus nos fala deste nível de oposição e a maneira de como podemos vencê-lo: 


(A) - Satanás certamente está por detrás de todo conflito contra os filhos de Deus - 1 Pe 5.8. 


(B) - Outro detalhe importante é que a palavra "satanás" significa "adversário", "opositor" - 2 Ts 2.4. 


(C) - Mesmo tendo um inimigo tão astucioso, forte, grande opositor da obra de Deus, como o diabo, podemos sair vitoriosos contra as suas ameaças. Para isso, precisamos:


. Resistir-lhe (Tg 4.7; 1 Pe 5.9) - A resistência deve ser debaixo da obediência a Deus e na firmeza de fé. 


. Revestir-nos da Armadura de Deus (Ef 6.11-18) - Precisamos estar protegidos espiritualmente "da cabeça aos pés". Só assim as armas diabólicas não nos atingirão! 


III - OS TIPOS MAIS COMUNS DE OPOSIÇÃO À OBRA DE RESTAURAÇÃO:



(1) - PROVOCAÇÕES (OPOSIÇÃO PELA ZOMBARIA E DESPREZO) DE QUEM NÃO ESTÁ INTERESSADO NA RECONSTRUÇÃO, DE QUEM NÃO ESTÁ ENVOLVIDO NA OBRA: - Ne 2.19-20, 4.1-6 - Ao ver as reais intenções do povo de Deus, o diabo começará a levantar pessoas para zombar e escarnecer da obra e de seus empreendedores.
O desprezo e a zombaria atacam nossas emoções e provocam reações das mais diversas, tais como ira, ódio, agressão, etc. Entretanto, não podemos nos deixar levar por estes sentimentos para respondermos àqueles que nos agridem com esta arma sutil do diabo. Observemos o comportamento de Neemias: 


Ne 2:20 - Respondeu orando ao Deus do Céu, para que Ele fizesse uma intervenção em Sua causa, pois a ação dos inimigos, acima de tudo, era contra o Senhor; e 


Ne 4:6 - Neemias e o povo não se importaram com a ação de seus inimigos; pelo contrário, o coração de todos "se inclinava a trabalhar".

A obra de Deus sempre foi alvo de zombaria e escárnios. Podemos lembrar aqui alguns exemplos: 



(A) - ESCARNECERAM DE JESUS - Mt 27.28-31 - Ele estava iniciando Sua dolorosa caminhada rumo à cruz. Satanás (usando pessoas), utilizou a zombaria para atacar o Senhor de maneira vil. Jesus, de fato, era Rei, porém Seu reino não era terreno (Jo 18.36). Aproveitando a situação, o inimigo tentou humilhá-Lo através do escárnio e da violência! Contudo, o diabo não conseguiu afastá-Lo de Seu objetivo: a morte na cruz pelos nossos pecados - 1 Pe 3.18


(B) - ESCARNECERAM DA PALAVRA DE DEUS - At 17.32 - Todos nós conhecemos o ardor missionário de Paulo. O contexto deste versículo nos mostra o apóstolo pregando no areópago, na cidade de Atenas. Neste lugar, havia altares para os mais diversos deuses. A partir de um altar erigido ao "Deus desconhecido", mostrou-lhes o caminho da salvação. No entanto, quando fala sobre a questão da ressurreição dos mortos, o clima de curiosidade foi transformado num clima de zombaria! O desprezo tomou conta dos presentes, que não queriam mais ouvi-lo. 



Leiamos ainda 2 Pe 3.3; Jd 18 - Como povo do Deus Vivo, não podemos perder de vista o fato de que sempre houve e sempre haverá escarnecedores da obra de Deus. Todavia, tanto Pedro, como Judas nos alertam que esta artimanha diabólica tenderá a crescer nos últimos dias. Estes escarnecedores terão um estilo próprio e escorados em suas tendências carnais pecaminosas, investirão contra os servos de Deus e sua obra.  



Ao buscarmos uma restauração, certamente encontraremos pessoas, até mesmo dentro da igreja, que serão usadas pelo diabo com este instrumento maligno – a zombaria. Contudo não podemos permitir que isto venha nos desviar de nossos propósitos e objetivos. Quem anseia por uma restauração não será incomodado por qualquer tipo de oposição, mas responderá com uma vida reta diante do Senhor, não se afastando de seus objetivos. 





(2) - AS INVESTIDAS DO INIMIGO NO MEIO DO POVO PARA CAUSAR CONFUSÃO: OPOSIÇÃO POR AMEAÇAS - Ne 4.7-23 - Ao perceberem que a zombaria e o escárnio não surtiram quaisquer efeitos sobre Neemias e seus comandados, os inimigos ficaram tremendamente irados e, fazendo uma coligação, ensaiaram uma guerra contra os restauradores.  


Esta é uma tática diabólica que assusta, mete medo! Muitos desistem dos planos de restauração, quando a resistência atinge este nível ameaçador. Mas, olhando para o texto bíblico, podemos perceber como Neemias orientou seu povo a não se intimidar com as ameaças, preparando-o para um possível ataque:  



(A) - Ne 4:9 - Oraram a Deus e se puseram em guarda dia e noite - Novamente podemos ver como a oração funciona. Ela é a nossa arma principal contra quaisquer iniciativas do diabo. Quando somos afrontados e ameaçados, não podemos afrontar ou ameaçar! Nosso recurso está na oração! Ao orarmos com sinceridade, obteremos o socorro do Deus Eterno. 



(B) - Ne 4:15 - O povo foi exortado a que não temesse, mas que se lembrasse do poder de Deus, já manifestado em tempos anteriores. Deveriam estar prontos para batalhar, se necessário fosse - A história do povo de Deus foi construída através de tremendas conquistas! Eles sabiam do poder e das grandezas de Deus, que sempre socorreu seus antepassados quando se sentiram acuados pelos seus inimigos. Podiam lembrar do poder de Deus que os tirara do Egito com mão forte, e os conduzira pelo deserto com amor e cuidado em direção à terra da promessa. Neemias os levou a lembrar do Senhor e de seus feitos em favor de seu povo. Os filhos de Deus desfrutam de um passado cheio de conquistas e vitórias! Nada há a temer quando situações de conflito chegam até nós. Podemos contar com a intervenção do Todo-Poderoso que certamente por nós pelejará (2 Cr 20.15).  



O resultado foi que Deus dissipou o conselho dos inimigos! Em pouco tempo ele como Deus age em favor de Seu povo. Eles formaram um conselho, uma gang, uma quadrilha, para atacar os filhos de Deus! Contudo, viram com seus próprios olhos seus planos irem por água abaixo. 



(3) - AS MENTIRAS DO INIMIGO ESPALHADAS A RESPEITO DO LÍDER: OPOSIÇÃO ATRAVÉS DA SEDUÇÃO E DO ENGANO - Ne 6.1-14 - Ao perceberem que não obtiveram êxito através da zombaria e de ameaças, os inimigos de Neemias tentaram utilizar outra tática: Espalharam um boato de que Neemias estava liderando uma revolta contra o rei, querendo se fazer rei de Judá, e o convidaram para sentarem juntos a fim de tratar do assunto, mediante uma conferência. Porém, Neemias percebeu que por detrás do plano inimigo havia maldade – Ne 6:2 


Apesar da insistência deles, que repetiram o convite por cinco vezes, Neemias não os atendeu - Ne 6:3 


Vejamos outro desdobramento do plano satânico: Ne 6:10 - Semaías era um tipo de falso profeta. Ele havia sido subornado por Sambalate para atrair Neemias à Casa de Deus, onde havia uma emboscada para ele. Porém, Neemias não aceitou sua profecia - Ne 6:11 


Analisando o texto, podemos ver ainda que outros falsos profetas foram utilizados pelo diabo na tentativa de enganar o servo de Deus, como por exemplo, a falsa profetisa Noadias. Entretanto, Neemias orou ao Senhor para que Ele lembrasse de seus inimigos e os tratasse de acordo com suas obras. É desta maneira que devemos proceder! Sabemos que a obra é de Deus e qualquer oposição, será contra Deus! Deus cuidará de nossos inimigos!


O engano e a sedução tem sido uma arma poderosa do diabo para ludibriar muitos filhos de Deus e os desviarem do propósito divino para suas vidas. Não é por acaso que a Palavra de Deus adverte a nos posicionarmos contra os enganadores que seduzem os homens através de falsas profecias e de ensinos deturpados. Senão vejamos: 


(A) - Tt 1.10 - Nos dias de Paulo, Ele alertou seus irmãos de fé contra alguns judeus que se diziam cristãos, mas tentavam seduzi-los através de práticas e costumes judaicos - Temos aqui uma denúncia contra aqueles que querem nos impor costumes e práticas alheias à fé cristã. Normalmente tais enganadores se baseiam em supostas visões para manietar os filhos de Deus. Paulo nos ensina a combatê-los com veemência – Cl 2.18-23 


(B) - II Jo 7 - João nos alerta contra aqueles que querem seduzir os filhos de Deus através do erro doutrinário. Observemos que este tipo de "enganadores" tem como objetivo espalhar entre os crentes o erro doutrinário, baseado em suas próprias convicções, e não no que diz a Palavra de Deus.  


(C) - As Escrituras também nos adverte contra os enganadores dos últimos tempos: 


(C.1) - Aqueles que se fariam passar por Cristo, Lc 21.8 - Não é de se admirar que muitos falsos cristos que têm surgido nos dias atuais, seduzindo multidões! 


(C.2) - Aqueles que seriam iludidos por "espíritos enganadores" e que, por conta disto, iriam espalhar inverdades religiosas, 1 Tm 4.1 - Notemos que este tipo de pessoa não terá dentro de si a Palavra de Deus, mas as "doutrinas de demônios". Não subestimemos os demônios! Eles são inteligentes até mesmo para criar um "corpo doutrinário", um "sistema religioso organizado"! 


Quando estamos envolvidos na obra de Deus, devemos ficar alertas para não sermos distraídos, enganados, por pessoas que usam o nome de Deus e aplicam de maneira errada as Escrituras. Com certeza, por detrás delas está Satanás, com sua arte de seduzir os homens, para desviá-los do propósito divino! Não podemos correr o risco de estagnar a obra de Deus dando ouvidos a estes instrumentos de nosso inimigo.  




IV - CONSIDERAÇÕES FINAIS:


Diariamente estaremos sendo atacados pelo nosso inimigo, cujo propósito principal é nos tirar fora de combate! Contudo, através de uma resistência em fé, e da capacitação que vem de Deus, nos manteremos firmes. Poderemos até ser incomodados, mas certamente iremos incomodar também! O diabo sabe o valor de um verdadeiro filho de Deus totalmente comprometido com o reino, e que aspira por uma real restauração!  


Neemias traz um exemplo maravilhoso. Ele ajudou o povo para se organizar e deu-lhes o fundamento da palavra de Deus. 


Resumidamente, vejamos as estratégias do inimigo para tentar impedir a obra de Deus, bem como os ingredientes e as receitas utilizada pelo Neemias, o homem de Deus: 



1 - Ataques na equipe com desânimo e baixa-estima - Ne 2.19 


1.1 - Receita: Confiança em Deus e trabalho. 




2 - Ataques ao povo com ameaças - Ne 4.11, 12 


2.1 - Receita - Alertar o povo e colocá-lo em vigília - Ne 4.13,14 




3 - Ataques à visão: desconcentração e desfocar da visão - Ne 6.1-3  


3.1 - Receita - Focar a visão e respostas claras - Ne 6.4 



4 - Ataques à alma: amedrontamento - Ne 6.9 


4.1 - Receita: Oração e vigor da fé 




5 - Ataques ao espírito do líder: pecar contra Deus; tomar atalhos - Ne 6.10-13 


5.1 - Receita: conhecimento das Escrituras (a mesma estratégia de Jesus na tentação do deserto) - Ne 6.12 




RESULTADOS DA BATALHA:

A OBRA DE DEUS CONCLUÍDA, A OPOSIÇÃO DERROTADA, O INIMIGO ENVERGONHADO E VENCIDO POR CAUSA DA AÇÃO E DO PODER DE DEUS - Ne 6.15-16 .

FONTES DE CONSULTA:

Estudo Bíblico - "Como organizar o povo de modo que todas assumam sua parte.O trato com inimigos de fora e da própria casa" - Arzemiro Hoffmann

Estudo Bíblico - "Como cumprir o propósito de Deus" 

Anotações pessoais

2 comentários:

Anônimo disse...

Esse estudo tem sido uma bênção para minha vida. Que o Senhor continue a lhe dar da sua sabedoria e graça!!!

Elizabeth Marinho disse...

Sou professora da escola bíblica dominical na assembleia de em Queimadas,na paraiba pastor Dari Ferreira,estes comentários são riquíssimos para complementar nossa
aula.muito obrigada.
Elizabeth marinho