Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







4 de jul de 2009

LIÇÃO Nº 02 - 12/07/2009 - "JESUS, O FILHO ETERNO DE DEUS"

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM ENGENHOCA
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
LIÇÃO 02 - DIA 12/07/2009
TÍTULO: “JESUS, O FILHO ETERNO DE DEUS”
TEXTO ÁUREO – Jo 1:1
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: I Jo 1:1-4; Jo 1:1-4; Cl 1:16-17
PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
  • I – INTRODUÇÃO:
  • Jo 17:5, 24, Hb 13:8 – Para o Verbo de Deus, Jesus Cristo, não há limitação de tempo. Ele existe desde a eternidade; Ele é passado, presente e futuro; Ele é o mesmo eternamente. Por não ter princípio nem fim de dias, Jesus, que é Deus, será para sempre o ETERNO EU SOU.
  • II – TRÊS SENTIDOS DA PALAVRA “ETERNIDADE”:
  • Na Bíblia, a palavra “ETERNIDADE” é usada em três sentidos diferentes, como mostramos a seguir:
  • (A) SENTIDO FIGURADO – Denota antiguidade ou duração muito prolongada – Gn 49:26; Dt 33:15; Sl 76:4; Hc 3:6;
  • (B) SENTIDO LIMITADO – Denota a existência de algo que teve princípio, mas não terá fim, como a dos anjos, das almas dos homens e do castigo dos ímpios (Gn 2:7; Ne 9:6; Jó 38:4, 7; Cl 1:16; Dn 12:2; Mt 18:8; 25:41; Mc 3:29);
  • (C) SENTIDO LITERAL – Denota uma existência que não tem começo e nem fim, como a de Deus. O tempo tem passado, presente e futuro, mas não é assim com Deus, diante do qual o passado e o futuro se transformam no eterno presente, o agora (Gn 21:33; Dt 33:27; Sl 9:7; 90:2; 92:8; Is 40:28).
  • III – JESUS CRISTO, DEUS-FILHO:
  • Das três Pessoas da Trindade, a única revelada corporalmente aos homens, foi a segunda, o Senhor Jesus Cristo. A encarnação, porém, não altera em nada os méritos da Sua Divindade.
  • 1) JESUS CRISTO É DEUS (Jo 1:1; Fp 2:6; Hb 1:3; Cl 1:5; I Jo 5:20)
  • 2) Muitas afirmações feitas a respeito do Senhor no Antigo Testamento, são interpretadas no Novo Testamento, referindo-se profeticamente a Jesus Cristo. Por exemplo, comparemos as seguintes referências bíblicas:
  • Is 40:3-4 com Lc 1:68-69,76
  • Ex 3:14 com Jo 8:56-58
  • Jr 17:10 com Apc 2:23
  • Is 60:19 com Lc 2:32
  • Is 6:10 com Jo 12:37-41
  • Is 8:12-13 com I Pe 2:7-8
  • Nm 21:6-7 com I Cor 10:9
  • Sl 23:1 com Jo 10:11; I Pe 5:4
  • Ez 34:11-12 com Lc 19:10
  • Dt 6:16 com Mt 4:10
  • IV – ALGUNS ATRIBUTOS DA DIVINDADE NA PESSOA DE JESUS:
  • Atributos inerentes a Deus-Pai relacionam-se harmoniosamente com Cristo, provando a Sua divindade. Por isso, a Bíblia O apresenta como sendo:
  • 1) O PRIMEIRO E O ÚLTIMO (Is 41:4; Apc 1:17)
  • 2) DEUS (Jo 1:1; Rm 9:5; Hb 1:8-9 comparar Sl 45:6-7; I Jo 5:20)
  • 3) FILHO DE DEUS (Mt 16:16-17)
  • 4) CRIADOR (Jo 1:3)
  • 5) ETERNO (I Tm 1:16-17)
  • 6) JUIZ DOS VIVOS E DOS MORTOS (II Tm 4:1)
  • V – CONSIDERAÇÕES FINAIS:
  • Jesus é o Deus eterno. Ele é de eternidade a eternidade (Sl 90:1-2; 102:12; Is 57:15). Nunca houve, nem haverá um tempo, nem no passado nem no futuro, em que Deus não existisse ou que não existirá. Ele não está limitado pelo tempo humano (Sl 90:4; II Pe 3:8), e é, portanto, descrito como EU SOU (Ex 3:14; Jo 8:58).
  • FONTES DE CONSULTA:
  • Lições Bíblicas CPAD – 4º Trimestre de 1987 – Comentarista: Raimundo de Oliveira
  • Lições Bíblicas - Edições CPAD - 2º Trimestre de 1990 - Comentarista: Geziel Nunes Gomes
  • Bíblia de Estudo Pentecostal - CPAD

Nenhum comentário: