Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







30 de out de 2015

4º TRIMESTRE DE 2015 - LIÇÃO DE Nº 05 - 01/11/2015 - CAIM ERA DO MALIGNO

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL 
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 05 - DATA: 01/11/2015
TÍTULO: “CAIM ERA DO MALIGNO"
TEXTO ÁUREO – I Jo 3.11-12
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Gn 4.1-10

PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO








I- INTRODUÇÃO:

Os capítulos 4 e 5 de Gênesis são narrativas históricas. Moisés, seu autor, procurou desenvolver a história da humanidade, a partir de Adão e Eva, com uma descrição didática. Por este motivo, não apareceu todos os filhos do primeiro casal. São destacados apenas os nomes especiais, entre os quais, registramos alguns, ligados às duas linhagens: a de Caim e a de Sete. Por meio destes dois personagens bíblicos, veremos que num mundo corrompido de maldade e violência, a linhagem do pecado está fadada ao juízo final; mas a do bem está destinada à felicidade eterna.




II -O PECADO E A MALDIÇÃO DE CAIM:



(1) - O primeiro crime no mundo - Gn 4.3-8 - Os dois primeiros versículos deste capítulo trazem a narrativa breve do nascimento dos dois primeiros filhos de Adão e Eva, os quais se chamaram Caim e Abel.


Caim e Abel aprenderam, desde cedo, a expiar suas culpas diante de Deus e oferecer ofertas de gratidão ao Senhor, por estarem vivos (Gn 4.3.4). O primeiro ofertava o fruto da lavoura do campo, do qual tirava para a sua subsistência. O segundo não deixava por menos, ao apresentar ao Senhor o primogênito de suas ovelhas. Mas Deus atentou mais para a oferta do mais novo. A primeira vista, parece-nos injusta a atitude divina, mas o Senhor é quem conhece e perscruta o interior das pessoas que se chegam a Ele. Abel tinha um" coração sincero e voluntário, para servir a Deus, mas Caim, ao oferecer sua oferta do campo, não tinha uma atitude sincera e fazia isto, por um ato meramente legalista, isto é, para obedecer aos seus pais. Encheu-se de ciúme e inveja contra seu irmão, e usou ainda da traição, para matá-lo sem compaixão. Ele se tornou o primeiro homicida da Terra (Gn 4.7).


(2) - Uma oferta rejeitada - Gn 4.3.5 - Deus rejeitou a oferta de Caim, porque percebeu que o coração deste filho de Adão não era verdadeiro e o seu presente tinha mais um caráter material. Seu culto tornou-se legalista, cheio de obras mortas; infrutífero, sem valor espiritual. Enquanto que a oferta de Abel foi aceita, não por ser um produto mais aceitável que o da lavoura, mas porque o segundo filho de Eva linha uniu atitude voluntária e gratificante diante do Criador. Seu coração era sincero; seu culto, verdadeiro (Hb 11.4). O que oferecemos ao Senhor, hoje? Nossas ofertas demonstram nossa atitude real de nossos corações? (Sl 51.17) 



(3) - Uma maldição inevitável - Gn 4.9-12) - O poder do pecado dominou o coração de Caim, que se tornou maligno. Sob o domínio de um profundo ódio contra eu irmão Abel, sem que o mesmo tivesse feito qualquer coisa que justificasse sua raiva, ele usou de engodo, ao convidá-lo a ir ao campo, para depois atacá-lo e matá-lo (Gn 4.8). O fato detê-lo levado,indica que o crime fora premeditado, para escapar dos olhos de seus pais e, deste modo, evitar testemunhas contra o seu pecado. 



Caim procurou fugir da responsabilidade de seu crime, como muita gente faz hoje, por não querer assumir seus próprios pecados.


No texto de Gn 4.11-12, Deus expressa sua rejeição e a inevitável maldição, ao dizer-lhe: - "E agora maldito és desde a terra, que abriu a sua boca para receber das tuas mãos o sangue do teu irmão".



(4) - Caim se casa e constrói uma cidade - Gn 4.17 - Depois da maldição de Deus sobre Caim, para que fosse um peregrino na terra (Gn 4.16), ele saiu do convívio que tinha e procurou isolar-se enquanto pode. Mas todas as regiões ja eram habitadas pelos filhos e filhas de Adão (Gn 5.4-5). Em seu caminho errante, ele encontrou uma mulher e casou-se. Daí a impertinente pergunta de muitos crentes neófitos: - "Com quem causou Caim?" ou "Quem era a mulher de Caim? De onde ela surgiu?". 



Ora, não é preciso criar uma polêmica em torno deste assunto, visto que a resposta é facilmente encontrada no contexto histórico e genealógico de Caim. Se o texto diz que ele construiu uma cidade era porque já havia muita gente naquele lugar. 




III - A LINHAGEM MÁ DE CAIM:



(1) - Lameque - (Gn 4.18-24 - No hebraico, este nome significa "VIGOROSO". Na descendência de Caim, ele constitui a quinta geração e foi pai de muitos filhos, em cuja posteridade destacaram-se agricultores, e os que trabalhavam com metais e instrumentos musicais. 



Lameque se tornou o primeiro homem bígamo, pois tomou para si duas mulheres. É o tipo de casamento que Deus nunca legitimou nem autorizou.


(2) - Jabal - Dos filhos de Lameque,Jabal ficou conhecido como pai dos construtores de tendas e criadores de gato - Gn 4.20.





(3) - Jubal - Este, irmão de Jabal, destacou-se como o inventor de instrumentos musicais. Por isso, ficou conhecido como "o pai dos músicos (Gn 4.21). Sem dúvida, muito contribuiu para a cultura mais bela da humanidade.




(4) - Tubal-Caim - Gn 4.22 - Filho de Lameque e sua mulher Zila. Há um aspecto positivo, que deve ser considerado nesta descendência cainita. Nem tudo o que faziam era mau ou ruim. No caso de Tubal-Caim, ele foi o iniciador da metalurgia, ao descobrir e trabalhar com metais.




(5) - Naamá - No texto de Gn 4.22, há uma referência especial a esta mulher, filha de Lameque.



"NAAMAH", no hebraico, significa "A BELA", "A GRACIOSA". Ela é irmã de Tubal-Caim e é citada de modo especial, no capítulo 4 de Gênesis, pois não se mencionam nomes de mulheres das genealogias antigas. Esta citação não vem como um elogio, mas como denúncia do começo da prostituição no meio da humanidade. 




IV - A LINHAGEM PIEDOSA DE SETE:





(1) - Como surgiu a linhagem de Sete - Gn 4.25 - Há uma expressão bem comum na Bíblia, quando ela fala da formação de famílias ou geração de filhos, que: - "e... conheceu sua mulher". Este tipo de linguagem tem um sentido mais amplo do que o simples relato de um contato íntimo, pois conhecer, no ato conjugal, significa muito mais que uma simples relação sexual. 




(2) - A nova linhagem genealógica de Sete. Com o nascimento de Sete nasce, também, uma nova esperança.




(3) - Alguns nomes em destaque da linhagem de Sete:




(3.1) - ENOS - Gn 4.26; 5.6,11-. Do hebraico "ENOSH", sugere "o homem em sua fragilidade", pois, até então, na linhagem de Caim, foram a arrogância e rebeldia contra Deus que prevaleceram.




(3.2) - MAALALEL - Gn 5.12 - Filho de Cainã, da linhagem de Sete, e cabeça da quarta geração de Adão (Gn 5.12-17; l Cr 1.2; Lc 3.37). O seu nome, no hebraico, significa "LOUVOR DE DEUS". Percebe-se que a descendência piedosa não estagnou no tempo, mas continuou a adorar ao Senhor, até os dias de Noé.




(3.3) - ENOQUE - Gn 5.18,21-24 - Desde Adão até Noé, apenas dois nomes se destacaram como homens tementes ao Senhor: Enoque e Noé. O primeiro andou com Deus 300 anos (Gn 5.22,23), após gerar Matusalém, o ser humano que mais viveu sobre a face da Terra: 965anos. 



"ENOQUE" significa: "instruir", "iniciar", "dedicar". 




(3.4) - NOÉ - Gn 5.28,29 - Aparece, no capítulo 5 de Gênesis, um outro Lameque, que nada tem a ver com o da linhagem de Caim. Foi ele quem gerou, dentro da descendência de Sete, a Noé, cujo nome, no hebraico, significa: "aquele que consola", ou , "consolador".





V - CONSIDERAÇÕES FINAIS:




Nesta lição, além dos aspectos históricos que aprendemos, descobrimos que, em um mundo corrompido e pecador, Deus tem uma linhagem especial que preserva o Seu nome, a Igreja de Jesus Cristo.




FONTE DE PESQUISA E CONSULTA:


Lições Bíblicas CPAD - 4º TRIMESTRE DE 1995 - COMENTARISTA: ELIENAI CABRAL.

Um comentário:

Javã vidal disse...

Meu pastor a paz do Senhor. Continuo orando pelo senhor para que Deus restaure sua saúde, seus estudos muito tem contribuído no meu ensino. Que a paz de Cristo que excede todo entendimento esteja sempre com o senhor e sua família...