Loading...

COMENTE

Caro Leitor,

Caso queira, na parte final de cada um dos Subsídios, você tem a liberdade de fazer seu comentário. É só clicar na palavra "comentários" e digitar o seu. Não é preciso se identificar. Para isto, após o comentário, click em "anônimo" e pronto. Que Deus continue abençoando sua vida, em nome de Jesus.







4 de set de 2013

3º TRIMESTRE DE 2013 - LIÇÃO Nº 10 - 08.09.2013 - "A ALEGRIA DO SALVO EM CRISTO"

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 10 - DATA: 08/09/2013
TÍTULO: “A ALEGRIA DO SALVO EM CRISTO”
TEXTO ÁUREO – Fp 4.4
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Fp 4.1-7

PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
e-mail: geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/






I - INTRODUÇÃO:


Da mesma forma que toda a água do mundo não pode apagar o fogo do Espírito, todos os problemas e tragédia do mundo não podem vencer a alegria que o Espírito traz ao coração humano (Sl 119:16; II Cor 6:10; 12:9; I Pe 1:8; Fp 1:14), porquanto o gozo (alegria) é o amor se alegrando, mesmo diante das tribulações (At 5:41-42; 13:52 cf II Cor 7:4).


II -  A ALEGRIA:


A ALEGRIA É TER CONTENTAMENTO, JÚBILO, PRAZER MORAL, SATISFAÇÃO, DELÍCIA, GOZO.


No Antigo Testamento, as palavras mais usadas para expressar ALEGRIA são: GOZO, RISO, SALTAR, SER ALEGRE, BRILHAR, ESTAR CONTENTE.


No Novo Testamento, as palavras mais usadas para expressar ALEGRIA são: GOZO e REGOZIJAR-SE.


Assim, do ponto de vista das Sagradas Escrituras, a alegria do crente independe das circunstâncias. Como dom de Deus e fruto do Espírito Santo, pode ser desfrutado sob as condições mais adversas, porquanto na vida do servo de Deus, a alegria manifesta-se até mesmo em meio às perseguições e fraquezas, pois a graça de Cristo faz-nos assentar nos lugares celestiais. (Mt 5:12; II Cor 12:9).


III – MOTIVOS PARA ALEGRAR-SE:


A lista dos motivos que temos para nos alegrar e louvar a Deus é infindável.


Além daquelas bênçãos que Deus derrama sobre todos, ainda temos os motivos pessoais. Cada crente tem suas razões próprias para ser grato a Deus e louvá-Lo continuamente, alegrando-se em todos os momentos.


(1) - PELA SALVAÇÃO – (I Pe 1:3-9) – A maior bênção que recebemos de Deus é, sem dúvida alguma, a salvação.


O homem afastou-se do Criador por sua própria vontade e tornou-se seu inimigo. Entretanto, Jesus desceu até nós, a fim de nos levar ao Pai e fazer-nos filhos de Deus (Jo 15:14-15 cf Jo 20:17)


(2) - PELO PERDÃO DOS PECADOS – (Sl 51:7-15) – Davi estava triste porque o seu pecado lhe atormentava a consciência e tirava a sua alegria de viver. Ele, então, orou e pediu a misericórdia de Deus.


O pecado sempre traz tristeza. Às vezes até prejudica a saúde, por amargurar a alma do pecador. Todavia, o perdão de Deus devolve a alegria e a paz ao que se arrepende.


(3) - PELA PROTEÇÃO DIVINA - (Sl 16:1-11) – Davi sabia o que era ter o Senhor como seu protetor (II Sm 24:3).


Às vezes, os problemas são tantos que pensamos estar sozinhos. Contudo, se confiarmos e esperarmos em Deus, ficaremos tranquilos e alegres (Sl 23:4; Sl 5:11).


(4) - PELA VITÓRIA EM CRISTO – (Jo 16:33) – Uma razão por que devemos ser gratos a Deus pelas tribulações está em que elas fortalecem a nossa fé (I Cor 10:13; Rm 5:3-5).


(5) - PELAS PROVISÕES DIVINAS – Deus nos deu muitas e grandes bênçãos espirituais e também as provisões materiais que facilitam nossa vida aqui na Terra:


(5.1) - A FAMÍLIA – Pela família, Deus proveu para o homem a segurança e proteção que ele precisa para desenvolver-se. A família também representa a proteção e a segurança emocional. Louvemos a Deus pelos nossos pais, tios, avós, irmãos...


(5.2) - A SAÚDE E A INTELIGÊNCIA – Estas duas bênçãos de Deus são fundamentais para nossas vidas. Podemos realizar grandes coisas, porque temos saúde e inteligência.


Algumas pessoas talvez tenham falta de algum elemento importante na área da saúde, seja no que tange à visão, à capacidade de andar, etc. Todavia sempre há algo de positivo pelo qual devem ser agradecidas a Deus.


(5.3) - O EMPREGO – Trabalhar é uma bênção. Algumas pessoas pensam que o trabalho é um castigo, simplesmente porque são preguiçosas, ainda que sejam educadas para exercer alguma função. Podemos raciocinar: Por que gostamos tanto dos feriados e fins de semana? Por que ansiamos pelo mês de férias? Por que sentimos satisfação quando, à noite, é nos proporcionado um sono tranquilo e repousante?


Se uma pessoa vive desocupada o dia inteiro, à noite não sente sono; todos os seus dias são iguais e as diversões se tornam enfadonhas.


O emprego além de ser um meio de ganharmos honestamente o nosso sustento, é também uma forma de nos sentirmos úteis para fazer-nos dispender energias e disciplinar nosso horário (Ex 3:1-3; Pv 15:19).


(5.4) - OS AMIGOS – (Pv 17:17) – Um bom amigo é aquele que é bastante bondoso, a ponto de não começar uma contenda nem espalhá-la (Pv 3:29; 25:8-9); como também procura desarmar as discórdias (Pv 24:19; 25:21-22); sabe que muitas vezes o silêncio é mais útil do que a crítica (Pv 11:12; 14:21). Apesar disso, ele sabe quando deve guardar distância ou aproximar-se (Pv 22:24-25; 25:27); é capaz de dizer não a uma atitude insensata (Pv 6:1-5), tão prontamente quanto pode afirmar sim a uma boa sugestão (Pv 3:27-28). Quem possui um amigo assim, tem um verdadeiro tesouro.


Devemos ser gratos a Deus por estas amizades, como também devemos nos esforçar a fim de sermos amigos com estas características (Pv 27:10).


IV – NOSSA ALEGRIA:


(1) – A razão da nossa alegria: Jesus – Fp 3.1;


(2) – A duração da nossa alegria: Todo o tempo – Fp 4.4;


(3) – O lugar da nossa alegria: debaixo das Suas asas – Sl 63.7;


(4) – Os motivos da nossa alegria:


(4.1) – A salvação do Senhor – I Sm 2.1;


(4.2) – O nome do Senhor – Sl 89.16;


(4.3) – Nossa viva esperança – Rm 5.2;


(4.4) – Nossos nomes estão escritos no céu – Lc 10.20.


V – TEMOS ALEGRIA EM SABER QUE...:


(1) – Seremos semelhantes a Ele – I Jo 3.2;


(2) - Os nossos pecados foram perdoados – I Jo 3.5;


(3) – Passamos da morte para a vida – I Jo 3.14;


(4) – Somos da verdade – I Jo 3.19;


(5) – O Senhor permanece em nós e nós nEle – I Jo 4.13;


(6) – Temos a vida eterna – I Jo 5.13;


(7) – Deus ouve nossas orações – I Jo 5.15;


(8) – O maligno não pode nos tocar – I Jo 5.18;


(9) – O mundo inteiro jaz no maligno – I Jo 5.19;


(10) – Temos todo este saber de Deus – I Jo 5.20.


VI – CONSIDERAÇÕES FINAIS:


A alegria cristã não é uma emoção artificial. Antes, é uma ação do Espírito de Deus no espírito humano, para que este venha a conhecer que o Senhor Deus está em Seu Trono, e que tudo está sob Seu controle neste mundo. Essa alegria é a inspiradora da esperança e da coragem. É a confiança em Deus e a satisfação de estarmos vivos em Cristo (I Ts 1:6; Rm 5:2; 14:17; 15:13; Fp 1:25; 4:4; I Pe 1:9; I Jo 1:14).



FONTES DE CONSULTA:


O Espírito Santo – Edições Vida Nova – Billy Graham

Revista Campeões da Fé – CPAD – 3º Trimestre de 1997 – Comentarista: Arézia Lessa Cabral

Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia – Editora e Dsitribuidora Candeia – R. N. Champlin e J. M. Bentes

Mil Esboços Bíblicos – Editora Evangélica Esperança – Georg Brinke

3 comentários:

Missões, Obra que Deus Aprova! disse...

Meu caro Pastor Geraldo, paz do Senhor!

É com imensa alegria que estou acompanhando este blog desde a lição do domingo passado e digo-vos que é uma alegria imensurável ver que existe homens de Deus, assim como o Senhor, que compartilha a revelação de Deus através da palavra!!!

Estarei sempre que possível estudando a lição e acompanhando o blog para o crescimento espiritual em Deus e intelectual também!!

Que Deus abençoe o senhor e sua família e que as bênçãos do Senhor nosso Deus continue sendo derramadas na sua vida e na vida dos seus!

Att, Thiago C.L.S, Membro da Assembléia de Deus em Recife - PE

Anônimo disse...

A Paz do Senhor ,meu amigo Pastor eu fico muito feliz de fazer o estudo Biblico com vocês Adoro eu Amo meu Jesus e também meus Irmãos!!!
Antonio Marques!!

GERALDO CARNEIRO FILHO disse...

De coração, agradeço aos irmãos Thiago e Antônio Marques pelas palavras postadas em seus comentários, que muito nos honram e animam para prosseguirmos com este trabalho.

Que Deus permaneça abençoando grandemente os seus respectivos ministérios.

PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO